MENU

Sarkozy abre e-G8 e defende liberdade na rede

Sarkozy abre e-G8 e defende liberdade na rede

Atualizado: Terça-feira, 24 Maio de 2011 as 2:09

É necessário "liberar a internet" defendeu o presidente francês, Nicolas Sarkozy, nesta terça-feira (24) durante abertura de uma conferência realizada em Paris e que reúne empresários da área de tecnologia para discutir regulamentação na internet. O e-G8 (como vem sendo informalmente chamado) terá dois dias de discussão, e antecede a cúpula do G8, neste ano realizada em Deauville, na França.

“Alguns dos países mais poderosos do mundo têm de reconhecer o papel de vocês na história”, disse Sarkozy. A conferência reúne personalidades da internet, como o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, e o presidente do Google, Eric Schmdit. O presidente francês também disse que “os países não podem perder a oportunidade de progresso” e que a internet deve “reforçar a democracia, o diálogo social e a solidariedade”.

Sarkozy disse que os membros do G8 devem enfrentar os desafios da internet “com humildade”. Para ele, os governos tem papel importante no novo cenário mundial, pois “são os únicos representantes legítimos da vontade geral" e que ignorar seu papel pode resultar em "caos e anarquia".O presidente francês também defendeu a cobrança de direitos autorais e o respeito a propriedade intelectual.

“A internet livre faz a diferença entre uma ditadura e uma democracia", disse Sarkozy, ao ressaltar o papel da web nas revoltas recentes no Oriente Médio. “Os que tentaram impedir o serviço ficaram ao lado das ditaduras".          

veja também