MENU

Sensor magnético 3D trará mais conforto aos automóveis

Sensor magnético 3D trará mais conforto aos automóveis

Atualizado: Quinta-feira, 12 Junho de 2008 as 12

Engenheiros alemães construíram um sensor magnético que consegue detectar minúsculas flutuações em um campo magnético determinado, mesmo se ele estiver na presença de um outro campo magnético muito mais forte.

Este novo sensor poderá ser utilizado em aplicações onde cabos de energia nas proximidades geram campos de interferência, principalmente no interior de automóveis.

É o caso de sensores que poderão ser utilizados nos espelhos retrovisores. Quando há uma troca de motorista em um carro, normalmente o banco, a altura do volante e os espelhos retrovisores têm que ser ajustados para o novo motorista.

Seria muito mais simples se todas essas posições pudessem ser salvas individualmente para cada um dos motoristas que utilizam o veículo. Ao apertar de um botão, um sensor instalado nos espelhos retrovisores faria com que eles assumissem automaticamente a nova posição.

Isto agora será possível, graças ao sensor magnético integrado 3D, construído pelos engenheiros do Instituto Fraunhofer. Ele foi construído na forma de uma matriz constituída por uma série de sensores tradicionais, de forma que ele consegue medir todos os três componentes do campo magnético.

Se o novo sensor tem uma matriz de apenas dois "pixels", ele mede não apenas o próprio campo magnético, mas também como se altera a posição desse campo magnético. É essa interação que permite a separação entre o campo magnético de interesse e o de interferência.

veja também