MENU

Tecnologia auxília a medicina e amplia os serviços

Tecnologia auxília a medicina e amplia os serviços

Atualizado: Segunda-feira, 15 Setembro de 2008 as 12

Depois de alguns anos, as organizações da área da Saúde perceberam que, para a tecnologia da informação causar um impacto significativo, práticas e processos fundamentais precisam mudar. Utilizar redes para ajudar nestas alterações é uma estratégia que as empresas estão começando a adotar. Estas tecnologias possuem a capacidade de melhorar a satisfação dos clientes, aumentar a eficiência dos funcionários e prover melhores cuidados aos pacientes.

Com LANs, WANs e a Internet, a proximidade se torna irrelevante. De seus lares, pacientes podem discutir sintomas com clínicos através de consultas em tempo real ou por e-mail. Médicos que estão longe de seus consultórios podem examinar os registros de seus pacientes, passar receitas e ver resultados de exames e imagens clínicas, como raios-X, e ultra-som. Por toda a organização, funcionários se tornam mais auto-suficientes com o fácil acesso às políticas e procedimentos, benefícios e comunicações internas.

Diversos fatores levam a área da Saúde rumo ao uso das redes de computadores e ao desenvolvimento de estratégias de e-health (saúde eletrônica) para aumentar a eficiência de suas operações. Além disso, a capacidade de possibilitar aos médicos exercer a medicina remotamente e avaliar pacientes em locais isolados, freqüentemente chamada de "telemedicina", está se tornando importante para otimizar a efetividade, assim como atrair e reter os melhores profissionais.

Enfermeiras passam a fazer as consultas por meio de um vídeo conectado à rede. Pacientes com doenças crônicas podem enviar resultados de exames e consultar seus médicos on-line. Informações de eletrocardiogramas podem ser transmitidas pela rede de campus do hospital.

Uma solução de cabeamento estruturado é um facilitador da convergência no mundo das comunicações da Saúde, já que ela passa por uma mudança completa. O cabeamento é a artéria e as veias da rede, permitindo à organização operar de maneira eficiente e confiável. Sistemas tradicionalmente separados de voz e dados estão se juntando à medida que novas tecnologias são desenvolvidas e empregadas.

Novas gerações de sistemas de comunicação multimídia são necessárias para atender às demandas de usuários. Aplicações que precisam de largura de banda dependem de sistemas de cabeamento que forneçam as capacidades de comunicação de voz, vídeo e Internet.

Em uma infra-estrutura de cabeamento de alto desempenho, outras aplicações de ponta, como tele-cirurgia ou cirurgia virtual, tornam-se viáveis sem a necessidade de caros sistemas de comunicação específicos. A possibilidade de explorar redes de alta velocidade tem levado à criação de novos ambientes, que permitirão ao usuário "tele-imergir" no ambiente remoto ou criar uma "telepresença" para o paciente.

Provedores de serviços médicos especializados estão usando a infra-estrutura de rede para estender os serviços a hospitais rurais, fornecendo maior acesso e diagnósticos mais rápidos. Além disso, médicos podem interagir com pacientes por videoconferência para prover aconselhamento e tratamento supervisionado. Estes projetos oferecem às instituições tradicionais novas opções para estenderem seus serviços.

Hoje em dia, simplesmente possuir a informação não é suficiente. Você precisa estar apto a acessá-la, integrá-la e entregá-la - e fazê-la trabalhar para você. Esta é a razão pela qual uma infra-estrutura confiável e robusta é uma vantagem estratégica real.

(Por Luc Andriaenssens, diretor de P&D da CommScope Enterprise Solutions, líder mundial em soluções de infra-estrutura para redes de comunicação, detentora das marcas SYSTIMAX® Solutions e Uniprise® Solutions, baseado em Texas, EUA. O executivo possui os títulos de BSEE, MSEE e MBA da Geórgia Tech, University College Berkeley e Purdue, respectivamente, bem como sete patentes em projetos de cabos, conectores e EMC)   

veja também