MENU

Telecom no Brasil acumula déficit comercial em 2011

Telecom no Brasil acumula déficit comercial em 2011

Atualizado: Quinta-feira, 7 Abril de 2011 as 2:12

Os meses de janeiro e fevereiro de 2010 registraram alta significativa nas importações de produtos relativos ao mercado de TI e telecomunicações no Brasil. A conclusão é da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), que divulgou nesta terça-feira (5) um relatório sobre a balança comercial do setor no País.

Segundo a pesquisa, houve aumento de 220% na importação de modems para banda larga e de 88% na de telefones celulares. A exportação de dispositivos móveis, no entanto, teve queda de 26%, registrando déficit em um setor que costumava liderar a receita do setor eletroeletrônico no Brasil.

Em fevereiro, foram gastos US$ 2,78 bilhões com importações de produtos da indústria elétrica e eletrônica, mais que no mesmo mês dos dois últimos anos. As maiores taxas foram de importação foram de bens de telecomunicações, com 52,3% de aumento, utilidades domésticas (UD), com 48,6%, e GTD (Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica), com 46,3%.

As exportações, no entanto, tiveram grande queda. Os celulares perderam pela primeira vez o posto de produto mais vendido no exterior. Em 2005, eles representavam 31% do total do setor. No ano passado, o percentual caiu para 13%. Entre janeiro e fevereiro de 2011, atingiu 11%. As exportações totais de bens de Telecom recuaram 16,9%, para US$ 163,1 milhões.

Com o total de importações somando US$ 5,59 bilhões e as exportações US$ 1,05 bilhão, o déficit da balança comercial de produtos eletroeletrônicos ficou em US$ 4,54 bilhões nos dois primeiros meses de 2011.      

veja também