MENU

Windows Phone 7 estreia nas lojas; não há previsão de lançamento no Brasil

Windows Phone 7 estreia nas lojas; não há previsão de lançamento no Brasil

Atualizado: Sexta-feira, 22 Outubro de 2010 as 12:21

Desde quinta-feira (21), celulares com o Windows Phone 7, nova plataforma da Microsoft para smartphones, está disponível para 30 países. É o que anunciou Steve Ballmer, executivo-chefe da Microsoft, no último dia 11.

Para comercialização da plataforma, a empresa adotou estratégia intermediária entre dois dos principais concorrentes, Google e Apple.   Como o primeiro, licenciou o sistema para vários fabricantes. Os parceiros da empresa, já no lançamento, são a LG, a Samsung e a HTC. A Sony Ericsson anunciou que trocará a plataforma Symbian pelo Windows Phone 7 em seus novos aparelhos a partir de 2011.

Já em uma estratégia que lembra a padronização de produtos da Apple, a Microsoft fez exigências às fabricantes, como configuração mínima e posicionamento dos três únicos botões com que contarão os aparelhos.

Depois de fracassar no universo dos dispositivos móveis, a empresa iniciou do zero o novo projeto.

A personalização da tela inicial é destaque do Windows Phone 7. Há divisão em categorias, criação simples de atalhos e acesso rápido a serviços como a loja virtual de games Xbox Live.

DESAFIO

O lançamento é um esforço da Microsoft para recuperar o mercado perdido na área de smartphones. Segundo estudos de empresas que atuam no mercado de portáteis, como a Nielsen e a comScore, aparelhos com o sistema operacional Windows Mobile representaram aproximadamente 11% das vendas no primeiro semestre de 2010 nos EUA.

Mas desbancar a concorrência não será tarefa fácil, já que os adversários têm seus produtos lançados e consolidados no mercado. É o caso de iPhones e iPads, da Apple, da plataforma Android --do Google--, e do BlackBerry, da RIM (Research In Motion). As três marcas detêm mais de 80% das novas compras.

Pesquisas indicam que 89% dos usuários do iPhone e 71% dos donos de aparelhos com Android não querem migrar para outra plataforma na próxima compra.

O gastos com aplicativos também acabam pesando contra a Microsoft. A troca de sistema inutilizaria investimentos feitos anteriormente.

Mas o crescente mercado pode ajudar no sucesso do produto. No Brasil, segundo a Nielsen, a venda de smartphones teve um crescimento de 128% em 2010. A Microsoft ainda não tem previsão oficial da data de lançamento do Windows Phone 7 no país.    

veja também