10 ingredientes para um namoro sadio e duradouro

10 ingredientes para um namoro sadio e duradouro

Atualizado: Quinta-feira, 27 Junho de 2013 as 2:20

Anote as dicas do site Madame Noire e garanta uma convivência harmoniosa e duradoura
 
Amar ou ser amado
 
O que é mais importante para você: amar ou ser amado? Às vezes, é preciso escolher. Se o seu parceiro está atravessando um momento difícil, e não pode dar atenção suficiente, é preciso saber respeitar. Se você realmente o ama, mesmo que alguém ou alguma situação esteja tirando a energia dele, esteja disposta a dar o seu amor, ainda que receba pouco em troca.
 
Doe-se o quanto achar necessário
 
Quando você realmente encontrar alguém que valha a pena, evite se conter. Você deve se sentir à vontade para dizer "eu te amo" quantas vezes você achar necessário, sem medo. Se você exagerar no autocontrole ao amar, pode estar perdendo um dos maiores prazeres da vida.
 
Ponto final nas discussões
 
Muitos homens não se importam em não terminar uma discussão e apenas finalizar o assunto com um "eu te amo" ou um simples "me desculpe". Mas isso não garante que o ocorrido não virá a acontecer novamente. Você precisa se sentir confortável em querer conversar sobre o tema, dizendo "aconteceu isso, então eu/ou você precisamos mudar isso para que este tipo de coisa não ocorra novamente".
 
Dedo na ferida
 
Para preservar a relação, evite machucar o seu parceiro durante as discussões. Se você realmente gosta de insultá-lo com palavras que podem magoá-lo profundamente, provavelmente isso não é amor.
 
namorados
 
Estar disposto
 
Pensando honestamente: o seu parceiro estaria disposto a fazer tudo o que você faria por ele? Analise esta questão, uma vez que, na vida real, há dificuldades, a idade chega e, por isso, um bom parceiro deve estar pronto para ser companheiro até nos momentos mais difíceis.
 
A bagagem do ex
 
Esteja consciente que a história que você teve com outros namorados é apenas uma bagagem. Mantenha as memórias longe do seu relacionamento atual, e aprenda a olhar as situações com uma perspectiva mais clara. Ninguém pode ser responsabilizado por erros de um parceiro do passado.
 
Tomando as próprias decisões
 
Muitas relações são baseadas em uma dinâmica que mais se parece com pais e filhos do que com dois parceiros. O seu companheiro deve confiar em você e acreditar que você é capaz de aceitar o desafio que quiser. Ele deve acreditar que você sabe o que é certo para você mesma, mais do que qualquer outra pessoa - até ele mesmo.
 
A tentação do telefone
 
Este é um dos principais testes de confiança, do qual muitas pessoas acabam falhando. Se o telefone do seu parceiro, por um acaso, estiver dando sopa em cima da mesa, a tentação surge - checar ou não checar as últimas ligações e mensagens? Se você acabar cedendo, poderá estar cruzando um caminho de desconfiança sem volta.
 
Repondo as energias
 
O seu relacionamento deve te dar energia para que você tenha fôlego para cuidar dos demais setores da sua vida, como família, trabalho e amigos. Se você anda cansado, ou sofrendo, porque seu relacionamento está tirando muito da sua energia, algo está errado. Todos os tipos de relação exigem energia, mas as relações problemáticas apenas a tira, e não as devolve.
 
Conexão à distância
 
Se você não vê seu parceiro há alguns dias, e está preocupada que a conexão entre vocês se enfraqueça, cuidado. Um relacionamento saudável permite que ambos se sintam confortáveis em seu tempo livre. Se um simples fim de semana longe pode abalar o seu relacionamento, outras coisas também podem. A conexão entre vocês deve ser forte o suficiente, mesmo que cada um esteja em um lado diferente do planeta.
 

veja também