28.943 candidatos convocados para a segunda fase irão disputar 10.982 vagas na USP e 100 na Santa Casa

Fuvest divulga lista de convocados para 2ªfase

Atualizado: Segunda-feira, 17 Dezembro de 2012 as 12:05

 

A segunda etapa do vestibular da Fuvest já tem seus candidatos. Os selecionados aparecem na lista divulgada pela Fuvest nesta segunda-feira, 17 de dezembro, ela manhã com todos os 28.943 candidatos convocados para a segunda fase do vestibular dos futuros estudantes da USP (Universidade de São Paulo).

Os candidatos irão disputar 10.982 vagas na USP e 100 na Santa Casa.

A segunda etapa ocorrerá entre os dias 6 e 8 de janeiro e os locais de prova também já foram divulgados junto a lista de convocados. Para descobrir onde deve realizar o exame, o estudante pode consultar o site da instituição, digitando seu nome, CPF ou número de inscrição.

Na semana passada, a Fuvest divulgou o número de pontos necessários para o candidato passar para a segunda fase do vestibular 2013. A chamada nota de corte mais alta é para o curso de medicina, com 73 pontos --mesma nota de classificação da última edição do processo seletivo.

A segunda nota mais alta é para a carreira de ciências médicas, em Ribeirão Preto, com 71 pontos --dois pontos abaixo do limite de aprovação para a segunda fase do ano passado e as provas de habilidades específicas (para os cursos de artes cênicas, música em Ribeirão Preto, curso superior do audiovisual, design e arquitetura em São Paulo e São Carlos) este ano serão realizadas a partir do dia 9 de janeiro.

Na comparação com o ano passado, a nota de corte caiu em 22 dos cursos nos quais o candidato precisa tirar ao menos 50 pontos para ser classificado. Apesar disso, os alunos tem se dedicado cada vez mais para enfrentar os exames da Fuvest e esse ano a primeira fase foi considerada excelente e de nível de dificuldade médio pelos principais cursos pré-vestibulares.

Na primeira fase a prova é composta por 90 questões de múltipla escolha sobre português, matemática, física, química, biologia, história, geografia, inglês e assuntos interdisciplinares. Já na segunda fase os mesmos conteúdos serão abordados, porém as questões não serão mais de múltipla, mas, sim questões dissertativas que exigem ainda mais atenção e conhecimento dos candidatos que pretendem ser provados pela universidade.

 

 

com informações de:  Folha de São Paulo (UOL)

veja também