4 em cada 10 estudantes dizem ter fumado maconha nos EUA

4 em cada 10 estudantes dizem ter fumado maconha nos EUA

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 10:16

Quatro em cada dez alunos do ensino médio nos Estados Unidos já fumaram maconha, segundo uma pesquisa divulgada pela organização DrugFree (que ajuda pais a prevenir e tratar os filhos viciados em drogas) e pela Fundação MetLife.

Os pesquisadores entrevistaram 2.544 estudantes sobre uso de drogas e álcool no ano passado.

Além do dado sobre consumo de cannabis - que equivale a 967 do total de jovens ouvidos no estudo -, 39% dos adolescentes afirmaram haver bebido álcool em 2010 e 10% disseram haver consumido ecstasy, droga sintética que causa euforia no usuário.

Mudança de rumo

O resultado é preocupante porque, entre 1998 e 2008, o número de jovens que consumiam álcool ou maconha havia caído 30%. O dado atual, registrado no ano passado, aponta um aumento no consumo de drogas.

É possível detectar a "mudança de rumo" no uso de drogas nos Estados Unidos, diz o presidente da ONG DrugFree, Steve Pasierb.

Pasierb afirmou, em entrevista ao site U.S. News Education (também responsável por publicar inicialmente a pesquisa), que "não está surpreso" com o resultado alcançado.

- Nós estamos preocupados, mas não completamente surpresos, com esses números. Em escolas e comunidades por todo o país, o apoio para a educação sobre drogas e os programas de prevenção foram drasticamente cortados devido a pressões de verba.

Situação no Brasil

No Brasil, a situação também é preocupante. Sete em cada dez estudantes (71%) haviam admitido ter consumido bebida alcoólica uma vez na vida, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados em dezembro de 2009.

Outro estudo, divulgado pela Senad (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas) em dezembro de 2010, afirma que pelo menos 30% dos jovens de escolas particulares e 24,2% dos alunos da rede pública já admitiram ter consumido algum tipo de entorpecente.

Foram ouvidos 50.890 estudantes, a maioria na faixa etária de 13 a 15 anos, sendo 31.280 de escolas públicas e 19,610 da rede particular.

Uma das drogas mais procuradas pelos alunos, com exceção do álcool e da maconha, foi a cola de sapateiro - 4,9% dos adolescentes afirmaram haver consumido.

veja também