6 dicas para formar bons hábitos; e mantê-los

6 dicas para formar bons hábitos; e mantê-los

Atualizado: Terça-feira, 29 Março de 2011 as 10:09

Sabe aquelas promessas de ano novo que você fez a si mesmo e que nem se lembra quando deixou de cumpri-las (provavelmente em algum momento ainda em janeiro)? Então; não espere até o próximo réveillon para retomá-las. Aproveite que no Brasil muita gente de fato só começa o ano depois do Carnaval e mova-se. Cuide bem de você e das suas resoluções e você estará cuidando bem das pessoas que convivem com você. Como nós sabemos que não é tão simples transformar resoluções em hábitos, aqui vão seis boas dicas para ajudar, direto do Lifehacker.

1. Certifique-se de que sua vida está em ordem

Sim, isso é muito importante. Mesmo que haja verdade na frase "não há melhor hora que agora", se você estiver passando por um período estressante ou mais ocupado que o normal, por exemplo - ou seja, fora da sua rotina - será muito mais complicado começar a manter um hábito. Só não vale usar isso como desculpa esfarrapada para nunca começar. Afinal, para que você está lendo essas dicas mesmo? =P

2. Foque em um hábito de cada vez

Criar e manter um novo hábito é tão complicado quanto se livrar de um hábito ruim. Afinal, um hábito é uma parte integrante e inseparável da sua rotina, certo? Então provavelmente o melhor para você é focar em trabalhar um de cada vez. Moldar essa atividade na sua rotina provavelmente vai levar tempo e dedicação - umas mais, outras menos - até que se torne algo automático.

3. Vá com calma

Devagar e sempre. Este deve ser o seu lema. Mesmo que o objetivo seja passar a fazer alguma coisa todos os dias (digamos, praticar exercícios), é improvável que você consiga alcançar isso se começar de repente logo no nível máximo. O mais certo é que o processo tome tempo até que você se acostume, e isso requer muita força de vontade (então não gaste toda ela de uma vez). Uma dica é traçar metas, sei lá, diárias ou semanais, para alcançar o objetivo no fim. Por exemplo, no caso dos exercícios, você pode começar duas vezes por semana, depois aumentar para três, quatro e assim por diante, bem devagar. O mesmo vale para o esforço que você faz em cada seção de treino.

4. Amarre o novo hábito a outro que você já tem

Bastante simples - e até óbvio - este é um dos melhores segredos para ser bem sucedido na hora de enraizar um hábito. Por exemplo, se você quer passar a usar o fio dental todos os dias (o quê? Sério que você ainda não tem esse hábito??), coloque o dito-cujo ao lado da sua escova-de-dentes. Assim, desde que você escove os dentes pelo menos uma vez por dia, terá boas chances de se lembrar do fio dental. Outro exemplo é aquele suplemento alimentar que você sempre se esquece de tomar. Que tal colocá-lo ao lado da caneca que você usa todas as manhãs?

5. Arranje um(a) parceiro(a)

Sim, essa todo mundo conhece. Alguns hábitos são difíceis de se manterem sem companhia. Então dê um jeito de conseguir uma, tenha ela o hábito já formado ou não. Vocês se ajudarão mutuamente.

6. Segure firme por 21 dias

Quando você estiver decidido a manter aquele hábito, faça tudo o que for preciso para se manter firme nele por pelo menos 21 dias. Não é um número mágico, é ciência. Pesquisas mostram que se leva em média 21 dias para formar um hábito, então, desde que você use sua motivação para seguir as metas graduais que traçar, em três ou quatro semanas você já deve se sentir muito mais propenso a manter aquele hábito do que quando começou (ao contrário do que aconteceu com sua resolução extinta em janeiro, lembra?). Ou seja, se à medida que o tempo passa você tem cada vez mais chances de continuar com aquele hábito, pense nisso para se manter firme até que você nem se lembre mais por que faz automaticamente aquilo todos os dias.  

veja também