70% dos jovens brasileiros se dizem viciados em tecnologia

70% dos jovens brasileiros se dizem viciados em tecnologia

Atualizado: Terça-feira, 6 Dezembro de 2011 as 11:56

Pesquisa conduzida pela Abril com leitores das revistas Contigo, Superinteressante, Guia do Estudante e Mundo Estranho, constatou que, a cada dez jovens, sete se consideram viciados em tecnologia e nove a enxergam como facilitadora do estudo. Quase dois mil pessoas com idade entre 15 e 24 anos foram ouvidas – 90% frequentam uma instituição de ensino.

Na opinião dos entrevistados, o gadget mais relevante de suas vidas é o notebook: 92% o classificaram como “muito importante”, à frente do smartphones, que ficou com 85%. Outro ponto interessante é quanto à habilidade com que manuseiam os aparelhos. Para oito a cada dez jovens, nenhum dispositivo eletrônico "é complicado de usar."

Dos adultos com idade entre 19 e 24 anos, 95% passam mais duas horas utilizando seus gadgets; para os adolescentes entre 15 e 18 anos, o índice cai 93%. Em relação ás redes sociais, várias surpresas: 88% utilizam o Facebook, 71%, o Twitter, e apenas 55,5% continuam no Orkut. O Google+, aliás, foi citado em 39,3% das respostas, número significativo para uma plataforma tão nova.

Uma tendência identificada a partir do estudo é a leitura de livros e revistas em formato digital. Apenas 7,6% disseram jamais ter experimentado o modelo, enquanto que 19,7%, embora estejam na mesma situação, pretendem testá-lo. Quase 30% já têm a atividade como um hábito.

Por fim, em se tratando e operadoras de telefonia móvel, a liderança da TIM é considerável: possui 44% de participação entre os jovens entrevistados, bem à frente da Vivo, com 32,7. Vale destacar que no mercado como um todo, as posições se invertem. A operadora espanhola aparece na frente, com 29,6% do bolo, e a italiana pouco atrás, com 26%.

veja também