A constância das ondas

A constância das ondas

Atualizado: Quarta-feira, 3 Novembro de 2010 as 10:56

Estive na praia, neste feriado, com a minha família. Penso que a maioria das pessoas gosta de praia; e uma das coisas sobre a praia que mais me agrada é poder ficar admirando o mar. Acho incrível que as ondas nunca parem, elas são como uma energia constante, estão sempre indo e vindo, seu movimento não tem fim. Mas se as ondas não param, pense agora no sistema do nosso corpo! Pense em cada tecido, órgão, artéria, veia, osso, célula, desde a menor até a maior coisa que compõe o nosso corpo. É muita complexidade, é inimaginável. Pense então em um bebê: surge uma nova pessoa que teve base em um óvulo e um espermatozóide. É incrível que cada pequena coisa contribua para outra e mais outra e mais outra, para que tudo funcione perfeitamente.

Agora pense nos animais, do menor ao maior ser, de todas as espécies; todos têm suas funções. E nas plantas, árvores, todas as vegetações, é tudo simplesmente perfeito. Tudo funciona, tudo contribui para que as coisas se encaixem. É impressionante pensar que Deus fez com que tudo se encaixasse, até a posição da lua tem a ver com as ondas e seu movimento. Deus pensou em todas as pequenas peças desse imenso quebra-cabeça e tudo se encaixa perfeitamente, direitinho. O único problema é que, algumas peças precisaram ser trocadas, e outras acrescentadas em um certo dia. No dia em que o pecado entrou no mundo, a peça vida eterna foi trocada pela peça vida limitada. A peça da dor, do sofrimento foram acrescentadas.

Mas ainda sim, o mundo continua funcionando, ele continua se encaixando, continua tendo seu ritmo de caminhar pelo tempo. As escolhas que fazemos são as únicas que mudam o curso dessa caminhada, elas têm a capacidade de estragar certos passos do mundo, fazendo-o se degradar a cada época um pouquinho mais.

As escolhas que fazemos hoje serão colhidas no amanhã. E mesmo assim os sistemas continuam perfeitos. O sangue circula, a primavera chega, as aves migram, pessoas vão e vem e as ondas continuam a se movimentar.

Mariana Longo Mendes   tem 16 anos, é estudante, trabalha com seus pais na área de Propaganda e Marketing e também escreve poesias.  

veja também