A mulher que Deus admira / Curte - 2

A mulher que Deus admira / Curte - 2

Atualizado: Terça-feira, 13 Setembro de 2011 as 8:38

A mulher que ama a Deus será louvada (Pv 31.30)

"Eu fui criança e não tive Blackberry, Iphone,Wii, Play3, DSI, mto menos Xbox.Eu brincava de queimada, taco, roba bandeira, andava de bicicleta, só ia para casa quando escurecia. Minha mãe  não me ligava no celular,só gritava: PRA DENTRO! brincava c/amigos, descalço, na areia, no barro, e não usava sabonete antibacteriano.Na escola me apelidavam de tudo e eu descontava e apelidava também,e ninguém sofria de "bullying". Que infância boa! Curta e cole no seu mural se vc já tomou água da mangueira e sobreviveu..."

Li esta mensagem em uma rede social e resolvi escrever um pouco inspirado por ela. Como se fosse uma "memória"

Tenho pensado muito para onde vamos com as novas gerações e novas tendências da sociedade, da mídia, dos usos e costumes, da vida, enfim... Me identifiquei com essa mensagem escrita acima. Nem conheço quem escreveu, mas achei incrível as emoções e " costumes" colocados ali. Não devo nem quero dizer o nome da pessoa, mas lhes afirmo que é uma mulher contando de suas experiências ...

"Fui criança!" Você conseguiu ser criança, minha querida irmã, adolescente, jovem ou já mais" madura" ( segundo a sociedade, "apressada"!) Você brincou de boneca?

"Mas Gerson, este post deve ser espiritual!!!" diria alguém. " Exatamente!" diria eu!. Por exemplo: muito se especula sobre a infância de Jesus…Vi outro dia, um livro em uma prateleira que garantia que tinha as noções e revelações mais incríveis sobre a infância de Jesus... Pensei: "o que será que escreveram aí, hein?" Que Jesus pegou nas mãos um passarinho morto, o abençoou, e ele voltou a respirar! Que os amigos de Jesus se juntaram em volta dele e disseram: " Meu, você é o cara! Como você fez isso???!

Imagino que Jesus foi menino mesmo…e você? E já que hoje estamos falando de mulheres, e você maninha? Como acha que foi a infância de Maria, mãe de Jesus, por exemplo? Pelas contas, a anunciação de Gabriel para ela deve ter acontecido quando era adolescente, partindo para a mocidade... Será que Maria brincou de boneca?

Se você hoje ficar sem seu Iphone você se sentirá "meio" perdida??? Você precisa estar sempre maquiada para se sentir bem? Você precisa se sentir aceita no meio em que está, para sentir firmeza em si mesma? Seu pais brigam, ou brigaram muito... e, por vezes, na sua frente? Você se acha muito feia? Muito magra? Muito gorda? Muito rica? Muito pobre? Sózinha?

"Ninguém me ama, niniguém me queeerrrr"??? Você acha que as pessoa não te entendem? Você fica na dúvida, as vezes, quando te perguntam: "Você é crente? Você vai na igreja toda semana???"

Você subia em árvores junto com os meninos? Você andava descalça? Você foi apelidada de algo e quase... "morreu" por isso??? Sentiu-se ameaçada?

Conheci uma garota ( há anos atrás)... ela frequentava a igreja de um amigo que morava em outra cidade, por estudar na faculdade de lá. Sim, achei ela muito bonita! Olhos amendoados, cor de mel, cabelos negros, um sorriso calmo, gestos dóceis…ela era timida, mas passava muita tranquilidade. Como toda garota assim, tinha muito " urubu" atrás dela. Ah! Ela frequentava uma igreja denominacional. Fiquei ligadaço nela... "Mas, meninas como ela haveriam outras em Sampa", pensei... acho que não preciso viajar para estar com ela e ver se  "rola" alguma coisa. Posso tentar algo onde moro para não complicar minha vida..rsrs

Naqueles anos, havia um mover grande de busca do Espirito Santo. As igrejas estavam vivendo um mover do que hoje talvez chamaríamos – avivamento, ou algo assim... Cristãos das igrejas históricas e denominacionais estavam a procura de mais, de algo mais de Deus!  Muitas das comunidades que se conhecem hoje se iniciaram naquela época.

Eu era um daqueles que procurava mais de Deus. Nasci em lar cristão, mas não estava satisfeito com o que tinha de Jesus! Queria mais, mais loucura de Deus! Mais intimidade, mais proximidade... Naqueles dias parecia que a Palavra estava " viva" todas as vezes que a abria para ler um versiculo! Deus falando " de montão’!

E a garota??? Bem, algo incrível que presenciei me fez entender que ela era bonita como muitas outras, era cristã, MAS tinha um diferencial... Percebí que ela amava Jesus! Como? Fácil! Antes mesmo de qualquer coisa, digo, antes mesmo de tentar algo para me aproximar dela, comecei a participar de reuniões de busca do Espirito Santo onde ela estava presente. Quando ela orava, com aquela voz leve, meiga, mas verdadeira, parecia que Deus enchia o lugar... que garota! Que oração cara! Ela era tão sincera em pedir para Jesus vir e estar conosco na reunião que ficava fácil orar... rs. Eu sentia, ao mesmo tempo, amor por Jesus e uma estranha curiosidade por ela, por sua atitude, por suas orações... eu via a sua fé em pedir, a sua simplicidade em crer, sem malicia, sem " performance", mas muito vivo e real! Depois vi ela orando por outros ( ficava até meio no ciúme, sabe como é... rs), mas pensava: "Ela é de Deus, não é minha!" Até que chegássemos a namorar conversamos muito, oramos muito e, a certeza que tive de ser ela, veio pelas orações que fazíamos juntos...

Bem, trinta anos se passaram e ela ainda é minha garota... neste ano comemoramos trinta anos de casamento, sem perfeições, com discussões, mas com Deus pra caramba! Muito choro juntos, muita vitória e milagre juntos ! A mulher que ama a Deus será louvada ( pelo namorado, pelo esposo, pelos amigos, pela familia, pelos pais, pelos irmãos... e ai vai!

Minha querida maninha, ame a Jesus sobre todas as  coisas. Como homem te digo: Ele vai te curtir muito!... e mais: muita gente vai te curtir... inclusive ele, aquele que Ele tem pra você.

Sucesso na sua relação com Jesus... e o mais será acrescentado!

Por Gerson Ortega

veja também