Anel da Pureza: você usaria ?

Anel da Pureza: você usaria ?

Atualizado: Segunda-feira, 1 Agosto de 2011 as 11:59

Popularizado nos EUA por artistas teens como Jonas Brothers e Selena Gomez, o anel da pureza, chega ao Brasil para estimular os jovens a guardarem a virgindade até o casamento.

Conforme publicado no Christian Post, a iniciativa foi difundida na década de 1990 com o programa "True Love Waits” (“O verdadeiro amor espera”) da Igreja Batista. No Brasil ainda não há personalidades que estimulem o uso do anel. No entanto, dos artistas teens americanos apenas Kevin, do Jonas Brothers continuou usando a jóia até o casamento.

Para o diretor executivo do ministério Anel de Prata, o Pastor Daniel Siqueira, os pais são grande apoiadores do projeto, e desejam evitar o sofrimento através de gravidezes indesejadas e doenças sexualmente transmissíveis."Acreditamos na orientação que podemos estar passando, e com a continuidade que os pais e líderes possam dar, sabemos que não é fácil para os jovens e adolescentes se guardarem, mais também entendemos que o compromisso não está no uso do anel, e sim no coração de cada um". afirma.

Apesar do assunto ter causado grande impacto na vida dos jovens brasileiros, existe quem não concorde com o uso do anel. Para o Pastor Rogério Silva, líder do ministério de adolescentes da Igreja Casa Firme a questão do anel é perigosa, pode mascarar problemas e afastar os jovens. "O anel pode se tornar um amuleto de culpa, sendo que a maioria dos jovens e adolescentes não se sentem abertos e seguros para confessar e conversar com seus líderes. Quando alguém que usa o anel tiver um deslize dificilmente irá tirá-lo, para não atestar a quebra do voto. Com isso todas as vezes que uma pessoa com vida sexual ativa estiver usando o anel, vai se sentir culpada e sabemos que o maior motivo de Cristãos saírem da Igreja é a culpa. Eu não adotaria e nem apoiaria esse movimento por achar que não passa de uma forma de comércio" explica.

A estudante Camila Almeida não gosta da idéia de usar o anel e acredita que isso pode prejudicar essa nova geração que defende a castidade. "Hoje lemos muito em blogs sobre nos guardarmos, mas colocar uma jóia no dedo para isso é como dizer: Venha nos tentar, somos santos não vamos cair; é ruim, nossa luta já é diária e não precisa ser agravada".

E você, concorda com a idéia do Anel da Pureza? Comente.

Por Pollyanna Mattos

Com informações do Christian Post

www.guiame.com.br

veja também