Apenas uma onda.

Apenas uma onda.

Atualizado: Sexta-feira, 21 Janeiro de 2011 as 2:14

No último fim de semana fui assistir à primeira etapa do circuito regional de surf amador. O evento marcou o mês e vários atletas do Nordeste do Brasil vieram à praia do Icaraí para competir em busca do grande prêmio. Algo me chamou muito à atenção neste campeonato, é que desta vez os atletas iriam ter 15 minutos, onde poderiam surfar até dez ondas onde apenas uma seria escolhida para o critério de classificação. Diferente dos outros campeonatos, onde são destacadas as duas melhores ondas de cada atleta da bateria, neste somente a melhor nota computava e isso gerou certa polêmica. Mas no final tudo deu certo!

Quando penso que nesses quinze minutos de bateria, onde se pode pegar até dez ondas, lembro-me do breve tempo de vida que temos sobre a terra escolhendo as melhores ondas.  Fico refletindo na correnteza e desgaste que enfrentamos ao tentar retornar ao Outside, ou seja, ao ponto onde nos sentamos e exercitamos a paciência na espera pela onda com o melhor potencial para nos proporcionar boas manobras e conseqüentemente a classificação. Temos que levar tudo isso em consideração para fazermos a melhor escolha!

Em relação a cada surfista apresentar apenas a melhor onda para se classificar, penso que cada um de nós quando nasce está na mesma situação diante de Deus. Deus nos deu a vida e nos orienta a vivê-la da melhor maneira possível, ou seja, não devemos desperdiçá-la, pois ela é única e será apresentada por você mesmo ao seu criador.

Ao assistir umas baterias pude sentir a ansiedade de alguns atletas que pegavam muitas ondas e que pareciam ter esquecido que era necessária apenas uma boa onda para avançar na competição. Ao invés de se concentrar e se poupar para aquela onda especial muitos apelavam para as várias inferiores que lhes rendiam apenas algumas notas baixas e repetidas.

Como você tem vivido sua vida? Qual a onda que você irá dropar hoje? Onde você deseja chegar? Todas essas perguntas precisam ser respondidas por todos nós a cada dia. Só assim vamos vencer as fazes de nossa breve vida aqui na terra.

A Bíblia nos ensina como avançar com segurança observando detalhes importantes, vejamos alguns textos que nos deixam claro o quanto é importante se concentrar antes de iniciar cada dia. Vejamos:

“E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo, assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação.” Hebreus 9:27-28

“E ali haverá bom caminho, caminho que se chamará o Caminho Santo; o imundo não passará por ele, pois será somente para o seu povo; quem quer que por ele caminhe não errará, nem mesmo o louco.” Isaías 35:8

“Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; como saber o caminho? Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.” João 14:5-6

Galera, assim como nas baterias que assisti, só há uma onda a qual valerá a pena surfar. Nossa vida é única e só há um caminho certo, um sinal, uma salvação e um salvador, Jesus Cristo! Ele não falou “eu sou um dos caminhos” ele afirma ser “O caminho”.

E ai? Qual será sua escolha? O tempo está passando e não podemos desperdiçar chances e oportunidades “únicas”.

Excelente escolha e aproveitamento a todos!

Marquito Santos   é formado em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, membro da Missão Surfistas de Cristo no Brasil, da Missão Internacional de Surfistas de Cristo, pastor e professor dos jovens da Igreja Presbiteriana de Fortaleza, além de escrever para o site EmFocoSurf.com.br  

veja também