Aplicativo ajuda a descobrir eventos que acontecem por perto

Aplicativo ajuda a descobrir eventos que acontecem por perto

Atualizado: Terça-feira, 1 Novembro de 2011 as 12:21

Em vez de procurar no jornal local ou nas redes sociais, um novo aplicativo permite que o usuário elimine lacunas quanto a eventos regionais e o que está acontecendo por perto. O app, chamado Roamz, reúne dados de redes sociais sobre o que está acontecendo em estabelecimentos da área - é gratuito e está disponível para iPhones na loja iTunes.

Jonathan Barouch, fundador e presidente-executivo da Roamz, diz que a explosão de conteúdo social em redes como o Twitter serve perfeitamente a essa finalidade. "Digamos que eu esteja caminhando por uma rua de Sidney e esteja acontecendo uma feirinha gastronômica no Hyde Park: como descobrir a respeito? A menos que eu siga alguém que decida postar sobre isso no Twitter ou Foursquare, ficarei sem saber" ilustra.

O aplicativo recolhe dados abertos ao público do Twitter, Facebook, Foursquare e Instagram sobre um evento local, criando um feed personalizado de acordo com os interesses dos usuários. A lista é classificada em dez categorias que variam de atividades para crianças a atividades que envolvam animais de estimação, passando por restaurantes, atrações, comércio e vida noturna.

"Nossa intenção era filtrar milhões de posts e itens de conteúdo para identificar os sinais realmente relevantes para um usuário no momento em que são relevantes", explica Barouch. Usando inteligência artificial, o aplicativo vai se tornando mais preciso ao aprender sobre como um usuário classifica determinados locais e estudar os tipos de conteúdo carregados ou visitados frequentemente. As informações assim obtidas são usadas para refinar os dados apresentados.

Lançado na conferência Web 2.0 em San Francisco, na semana passada, o aplicativo já recebeu oito mil downloads. Mas ainda restam dificuldades a resolver. "Lançamos como qualquer boa empresa nova faz - um pouco antes do que deveríamos", pondera Barouch. "Poderíamos ter trabalhado por mais seis ou oito meses no desenvolvimento", admite.

A companhia planeja ampliar o conteúdo disponível, que é escasso para determinadas regiões, no momento. Enquanto áreas densamente povoadas, a exemplo de Manhattan, contam com conteúdo atualizado em intervalo de poucas horas ou minutos, em cidades como Perth, na Austrália, há menos dados e menor frequência de atualização.

veja também