Aprenda cinco maneiras de lidar com um namorado sem grana

Aprenda cinco maneiras de lidar com um namorado sem grana

Atualizado: Segunda-feira, 19 Setembro de 2011 as 12:45

Em tempos de crise econômica mundial, o amor não dá uma trégua e, por isso, não é impossível se apaixonar por um homem falido. Aguentar a situação e adequar a rotina à situação financeira do rapaz pode desgastar o romance e trazer estresse para ambos.

O site Yourtango trouxe cinco dicas para aprender a lidar com a situação temporária sem deixar o moço pra baixo e sem acreditar no provérbio que diz que "quando a necessidade entra pela porta, o amor pula a janela".

1. Dê apoio sem ser maternal: a situação certamente faz com que o rapaz se sinta mal e até mesmo um pouco envergonhado. Não piore a situação ao lembrá-lo constantemente da falta de grana na tentativa de encorajá-lo. Não banque as contas dele ao menos que vocês estejam juntos a tanto tempo que isso se justifique e possa dizer que ele certamente faria o mesmo por você. Cite vagas de empregos e freelas ocasionalmente e encaminhe e-mails com oportunidades, mas não se torne a mãe dele.

2. Use a criatividade: alguns caras são inclinados a continuar saindo com a namorada mesmo sem poder bancar isso, por medo de perdê-la ou magoá-la. Seja criativa na hora de propor passeios bacanas que vocês possam fazer sem gastar, sem dizer "achei algo baratinho que a gente pode fazer", para mostrar que consegue se divertir com ele mesmo sem grana.

3. Não se cale: se vocês têm contas a pagar juntos, discutam a melhor maneira de quitar essas dívidas. Não sinta a responsabilidade financeira sob seus ombros. Se vocês se comprometeram a passar pelos bons e maus momentos juntos, passem por esse teste com diálogo e compreensão.

4. Planeje eventos de acordo com o orçamento: se um jantar ou happy hour com amigos for em um restaurante caro e a situação pode envergonhar o companheiro, evite o evento ou vá sozinha. Se você gostaria de não ser colocada em uma saia justa por ele, tenha a gentileza de fazer o mesmo.

5. Cuidado com as palavras: uma discussão não é o momento de diminui-lo porque está com raiva. A maneira como colocamos as palavras podem ferir mais do que atitudes e dificilmente serão esquecidas. Se não gosta dele o suficiente para entender que a situação financeira é passageira, então talvez seja hora de partir para outro relacionamento.

veja também