A arte volta a reinar nos palcos de São Paulo com as peças que começam a retomar suas antigas temporadas

A arte volta aos palcos paulistanos

Atualizado: Sexta-feira, 11 Janeiro de 2013 as 5:02

 

teatroEsta semana grande parte das peças que deram uma pausa em suas temporadas para as festas de fim de ano retornaram aos palcos.

A tendência é que, agora todos os trabalhos sejam retomados e tanto as antigas quanto as novas peças comecem a aparecer.

Entre as peças mais vista no final de 2012 está o musical 'Cabaret' estrelado por Claudia Raia com texto traduzido e adaptado por Miguel Falabella.

Separamos uma lista com 15 dos espetáculos que reestreiam em São Paulo para você não perder. Confira:

 

Amigas, Pero No Mucho!

Originalmente escrito para quatro atrizes, o texto de Célia Forte é interpretado por homens. Eles encarnam quatro amigas que se encontram numa tarde de sábado. Jonatan Harold executa músicas ao vivo no piano. A atriz Denise Fraga participa com um "off".

 

Bom Retiro 958 Metros

O Teatro da Vertigem percorre quase um quilômetro do Bom Retiro, mostrando personagens e características do bairro, com suas relações de trabalho e consumo e seu fluxo migratório.

 

Cabaret

Em uma Alemanha cada vez mais simpatizante do nazismo, nos anos 1930, o musical mostra um cabaré onde a dançarina Sally Bowles encontra o escritor Cliff Bradshaw, vindo dos Estados Unidos. Eles mantêm relação diferente enquanto o clima no país começa a mudar. Sucesso da Broadway dos anos 1960, conta com mais de 20 atores no elenco, tendo à frente a estrela Claudia Raia e figurinos assinados por Fabio Namatame (de "Evita" e "O Mistério de Irma Vap"). Miguel Falabella fez a tradução do texto e a versão das músicas em português.

Camille e Rodin

A trama de Franz Keppler se concentra na história de amor vivida pelos escultores franceses Camille Claudel (Melissa Vettore) e Auguste Rodin (Leopoldo Pacheco) e como a relação --por vezes turbulenta-- entre ambos refletiu em suas obras.

 

Chá com Limão

A comédia narra os bastidores de uma produção teatral fadada ao fracasso. O protagonista é um ator iniciante, que só tem o papel pois é o filho do produtor. Também há em cena: uma atriz decadente que se sente injustiçada pelo seu histórico artístico; um típico ator canastrão, que nunca alcançou o sucesso esperado; um péssimo intérprete com experiências em figuração de filmes e comerciais; uma figurinista mal humorada e completamente equivocada em suas criações; e um contra-regra que se julga o dono do teatro. Todos são capitaneados por uma diretora que, apesar de paciente e muito bem intencionada, mal consegue se comunicar e expressar suas intenções com atores e técnicos.

 

Como Ter Sexo a Vida Toda com a Mesma Pessoa

No monólogo da argentina Monica Salvador, uma sexóloga (Tânia Bondezan) formada na Universidade de Sorbonne (França) introduz ao público técnicas para a vida sexual dos casais, dando receitas insólitas para superar crises.

 

A Entrevista

Mariah (Priscila Fantin), uma linda e famosa atriz de novelas, é entrevistada por Pedro Pierre (Herson Capri), um conceituado (porém pouco familiarizado com o mundo das celebridades) jornalista político que foi designado para a tarefa. Após um choque inicial, ambos acabam se aproximando. A peça é baseada em um filme do holandês Theo van Gogh.

Hamlet

Com roupagem contemporânea e brasileira, a clássica tragédia mostra um príncipe (vivido por Thiago Lacerda) que, ouvindo o fantasma do falecido pai, decide vingar a sua morte. A direção é de Ron Daniels, diretor associado do grupo inglês Royal Shakespeare Company.

 

Mães Iradas

Inspirada nas experiências de quatro mulheres com a maternidade, a comédia revela as facetas do ato de ser mãe. Reestreia no teatro Gazeta.

 

Mulheres Alteradas

Na adaptação das famosas tirinhas da cartunista argentina Maitena, três mulheres representam os questionamentos do universo feminino. Entre uma e outra cena, intervenções aproximam o público da linguagem dos quadrinhos.

 

A Noviça Mais Rebelde

A irmã Maria José (Wilson de Santos) convence a madre superiora a deixá-la fazer um show beneficente. Porém, no dia da apresentação, algo inesperado acontece, e a freira recebe o público improvisando jogos interativos e números musicais. A direção é de Marcelo Médici.

 

Prazer

A partir de um fragmento do livro "Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres", de Clarice Lispector, e de outros textos da escritora, a companhia mineira Luna Lunera mostra quatro amigos que buscam a alegria em meio a inquietações, angústias e impasses cotidianos. A trupe contou com a colaboração de Jô Bilac para a construção da dramaturgia.

 

Projeto Boca Livre

A companhia Pessoal do Faroeste traz filmes, leituras dramáticas, palestras e debates, além de apresentar três espetáculos de seu repertório: "Meio Dia do Fim", "Borboleta Azul" e "Cine Camaleão - A Boca do Lixo".

 

Terra de Ninguém

Três monólogos curtos -"Beijo na Boca", "Mãos Sujas de Terra" e "Terra de Ninguém"-, adaptados do livro "Um Gato no Escuro", de Josué Guimarães, costuram a trama. As histórias são ambientadas no universo rural e mostram personagens maltratados pela vida.

 

Toda Nudez Será Castigada

A peça de Nelson Rodrigues traz os ingredientes característicos do autor: a revelação da hipocrisia burguesa, traições, tragédias e obsessões pela figura feminina. Em cena, Herculano é um viúvo, pertencente a uma família conservadora. Ele se apaixona pela prostituta Geni, que acaba por se envolver com seu filho, Serginho. Sob a direção do oitentão Antunes Filho, o CPT faz uma nova montagem de um clássico rodriguiano, que o crítico Sábato Magaldi classificou como uma tragédia carioca.

veja também