Bob Burnquist conquista o tri da MegaRampa

Bob Burnquist conquista o tri da MegaRampa

Atualizado: Segunda-feira, 4 Julho de 2011 as 9:38

O reinado de Bob Burnquist na MegaRampa vai continuar por pelo menos mais um ano. O brasileiro confirmou o favoritismo e conquistou, na manhã deste domingo, o tricampeonato da competição. Com um desempenho superior ao dos adversários, Bob conseguiu a melhor nota na sua primeira tentativa (90,20 pontos), assegurou o lugar no topo do pódio e fez a alegria das 8.500 pessoas que compareceram ao Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. (Confira no vídeo ao lado a volta que garantiu o título de Bob na MegaRampa 2011)

Bob superou na final, pela ordem, os americanos Mitchie Brusco e Adan Taylor, e os brasileiros Edgar Vovô e Rony Gomes. O australiano Jake Brown, vice-campeão das duas últimas edições, chegou atrasado e não participou da decisão.

- Eu sonhei ontem que eu completava o 900. Fui com tudo e por muito pouco não consegui. A pressão é enorme de representar o meu país. Sabia que não ia ser fácil. O Mitchie tava demais e esquentou a pista. Foi a primeira vez dele numa competição de megarrampa e a primeira vez que ele encarou o corrimão. Imagina aonde ele pode chegar com mais experiência? Ele tá de parabéns! - declarou Bob, após a final.

Rony Gomes largou na frente e fez a primeira volta, marcando 78,83 pontos. Edgar Vovô veio em seguida e obteve 80,77, em sua segunda chance. Adan Taylor acertou belíssimas manobras e conseguiu a terceira melhor nota do dia (87,10). Revelação da MegaRampa de 2011, Mitchie Brusco, de apenas 14 anos, radicalizou e garantiu a segunda colocação, com 87,57.

- No primeiro dia, quando cheguei lá em cima na rampa, fiquei impressionado com altura. Deu medo, mas eu fui e me senti muito bem. Fiquei muito feliz com tudo que aconteceu aqui em São Paulo. Com certeza o Brasil agora é o meu lugar predileto - disse Mitchie.

Coube ao favorito Bob andar por último e cravar a maior nota da final: 90, 20, para delírio da torcida brasileira presente no Sambódromo. Em sua segunda volta, ele ainda tentou a manobra do "Cristo", mas acabou caindo. Na volta final, os skatistas foram para o tudo ou nada e arriscaram ainda mais, mas nenhum atleta conseguiu encaixar as manobras. Melhor para Bob, que garantiu mais um título na MegaRampa para o Brasil.

Logo depois do fim da competição, os finalistas continuaram botando pra baixo na megarrampa. Pela quarta vez em três dias, o americaninho de 14 anos completou o 900.

- Para você ter uma ideia, ele nem anda de montanha-russa. Ele tem muito medo de altura! Só um pedaço de madeira (skate) para deixar ele com coragem - disse Jennifer, mãe do Mitchie.

Confira a pontuação da final do skate:

Bob Burnquist - 90,20 pontos

Mitchie Brusco - 87,57

Adan Taylor - 87,10

Edgar Vovô - 80,77

Rony Gomes - 78, 83

veja também