'BraZis', a série nacional inspirada em "Glee" terá seletivas no RJ

'BraZis', a série nacional inspirada em "Glee" terá seletivas no RJ

Atualizado: Quarta-feira, 15 Junho de 2011 as 10:13

Você já se pegou alguma vez em frente ao espelho cantando "Don’t Stop Believin" e sonhando em estar nos corredores do McKinley High School? Seu sonho "gleek" está perto de se tornar verdade. Ou quase isso...

A produtora nacional Beagle Filmes está em fase de seleção de elenco para uma nova série musical. O programa será jovem e inspirado em "Glee", mas não somente. Oscar Dias, responsável pelo projeto, garante que o programa não será apenas a versão nacional da série que consagrou a malvada Sue Silvester e o professor engomadinho Will Schuester: "’BraZis’ é baseado em séries musicais, como ‘Glee’, ‘Rebelde’, e se passa em um colégio, mas tem uma estrutura brasileira", explicou Oscar ao iG Jovem.

A proxima seletiva acontecerá no Rio de Janeiro, nos dias 1, 2 e 3 de julho. Os testes acontecerão no estúdio Rod Produções (Av Beiramar, 406, sala 1303, Centro).

De acordo com o produtor, a série terá os personagens típicos de uma escola. "Vai ter a tirana, o nerd intelectual, a menina bonita, os professores", conta. Na trama, eles começarão um movimento para melhorar o ambiente escolar pela música. "A série tem como objetivo homenagear as vítimas da tragédia de Realengo", diz Oscar.

O seriado será filmado no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo. Dois colégios já foram escolhidos como cenário, mas Oscar não revelou os nomes. Cada episódio custará entre 100 e 150 mil reais, e a produção contará com o patrocínio de empresas como Parque Tupã, Frigorífico Canarim, SpaMed de São Paulo e Hotel Balneário, de Marcelino Ramos-RS, todos parceiros da Beagle Filmes.

As músicas da série serão de estilos diversos. Segundo o produtor, irão de Elis Regina a Jota Quest e Ivete Sangalo, passando por artistas latinos como Ricky Martin e Thalia.

Ainda não está definido qual canal irá exibir "BraZis", mas Oscar afirma que a Beagle Filmes, produtora da série, está negociando com o SBT e a Rede Record. No entanto, nenhuma das emissoras confirmou a informação. "Talvez as gravações comecem em outubro, pois queremos colocar a série no ar em janeiro", diz Oscar.

veja também