Casamentoreal.com e a novela das oito

Casamentoreal.com e a novela das oito

Atualizado: Terça-feira, 3 Maio de 2011 as 12:03

O casamento do Príncipe Charles e de Lady Diana, em 1981, alcançou uma audiência de 2 bilhões de telespectadores, curiosamente o mesmo índice do enlace do príncipe William com Kate Middleton. Apenas 30 anos separam as duas megacerimônias, mas, graças à Web, o impacto mundial da festa real de US$ 34 milhões ganhou nas últimas semanas proporções monárquicas jamais imaginadas quando o 'sim' de Charles e Diana foi televisionado.

William e Kate celebraram um casamento digital que quebrou todos os recordes nas mídias sociais e na cobertura jornalística on-line. Os bombardeios de acessos ao site da BBC foram mais impactantes do que os gerados pela guerra na Líbia e a transmissão ao vivo do espetáculo matrimonial simplesmente derrubou os servidores da TV britânica.

A Akamai, que hospeda alguns dos maiores sites de notícias do mundo, divulgou que o número de conexões ao live streaming do casamento superou o pico de 1,6 milhão de webespectadores alcançado na Copa do Mundo de 2010.

No dia da cerimônia, o Twitter registrou que o casamento atingiu a primeira posição nos trending topics e todos os 10 primeiros temas mais buscados eram relacionados ao evento. Ao mesmo tempo, o Facebook também viu várias palavras-chaves relacionadas ao evento ficarem entre as mais citadas nos Estados Unidos e na Inglaterra. Também no dia 29 de abril, 10 das 20 primeiras buscas no Google nos Estados Unidos foram relacionadas ao matrimônio.

A empresa de análise de dados Webtrends mostrou que o buzz em torno do casamento entre o príncipe e a plebeia ultrapassou dois temas recentes que também bombaram na Web: os conflitos no Egito e o terremoto no Japão. Em 30 dias foram nada menos que 911 mil tweets, pouco mais de 30 mil por dia, o que representou 71% do buzz monitorado pela companhia, com um detalhe: somente 12% das menções foram relacionadas a Charles e Diana.

Na App Store a busca pela expressão royal wedding resulta em dezenas de aplicativos para iPad e iPhone. Um canal sobre o casamento foi criado especialmente no YouTube e uma rápida busca com o mesmo termo traz mais de 9 mil vídeos. A página da monarquia britânica criada especialmente no Facebook para ocasião tem mais de 483 mil seguidores, enquanto o perfil @royalwedding registra mais de 98 mil.

No Brasil, 30 mil tweets em quatro dias

Aqui no Brasil o casal também figurou entre os temas mais comentados no mundo digital. Acompanhamos o barulho gerado no Twitter entre os dias 26 e 29 de abril através da ferramenta I-Brands e, conectados como somos nas mídias sociais, chegamos a um total de 30 mil ocorrências nestes quatro dias, tendo a hashtag #casamentoreal alcançado a marca de 10.103 tweets.

Ao procurar pelo termo "Príncipe William" no Facebook encontramos dois dias antes do casamento um total de 60 eventos no Facebook com quase 360 mil presenças confirmadas, incluindo a despedida de solteiro do noivo. Já a pesquisa por "Princesa Kate" apontou 27 eventos com 3.955 confirmados.

A curiosidade em torno de eventos como o casamento real encontra eco na Web e nos abre uma nova perspectiva para criar novas oportunidades de negócios. As emoções compartilhadas pelas páginas digitais já nos traz um acervo enorme de informações que vem ajudar a traçar um perfil psicológico da humanidade como nunca sonhamos.

Saber identificar tendências e mudanças no comportamento será o grande desafio que as empresas terão nos próximos anos. Se até hoje era a novela das oito que ditava moda, é bom começar a virar os olhos para Web. Ou é capaz do vestido da atriz da Globo encalhar nas prateleiras enquanto o de Kate irá vender como pão quente.

Por: Indio Brasileiro

veja também