Com base no Twitter, estudo diz que população está mais infeliz

Com base no Twitter, estudo diz que população está mais infeliz

Atualizado: Quinta-feira, 22 Dezembro de 2011 as 9

De acordo com a Universidade de Vermont, a população do Twitter vem enfrentado queda nos níveis de felicidade verificados no site desde 2009. A partir de um estudo feito pela instituição, chegaram à conclusão que grande parte dos usuários do microblog costuma transparecer seus desgostos nessa ferramenta.

A pesquisa, realizada com contas de usuários americanos do Twitter, mediu em torno de 46 bilhões de tweets redigidos por 63 milhões de usuários ao longo de dois anos. Em meio às 10.000 palavras usualmente utilizadas por quem "tuita" em inglês, foram tomadas como parâmetros aquelas que denotem claramente o nível de felicidade e satisfação em que a pessoa se encontrava no instante, tais como expressões de riso ('Hahaha' ; 'LOL'), e de apreensão, como na escrita de termos como "Terrorista". A análise apontou que a 'curva de felicidade' construída pelo estudo vem caindo desde 2009 e tornou-se mais acentuada na primeira metade de 2011, podendo ser notadas flutuações de humor e tensão em eventos delicados e catástrofes, como durante o Tsunami no Japão e risco de epidemia de gripe suína.

curva de satisfação

Peter Dodds, responsável pela avaliação, entende que embora não estejamos sempre contentes e que variações de humor ao longo do dia e em certos horários seja comum, o diagnóstico dado por sua pesquisa revela talvez um caminho perigoso em que boa parte da população tenha começado a trilhar, mesmo inconscientemente. Por outro lado, Dodds acrescenta que ainda é notável o volume de "picos de felicidade" nos tweets analisados; sendo esses usualmente originários em vésperas de finais de semana, feriados, férias; podendo ainda o dia anterior proporcionar mais alegria à pessoa do que a data e eventos em si.

A equipe da Universidade de Vermont envolvida neste projeto informa que em breve hospedará em um site todas as informações de seus trabalhos, o que poderá servir como um bom termômetro social à queles interessados em ter algum tipo de noção sobre como anda o humor de boa parte da humanidade e o próprio. Por enquanto, é possível checar os resultados nesta página do grupo.

Via CNET

veja também