Como fazer para que todos saibam dividir os gastos do 'rolê'?

Como fazer para que todos saibam dividir os gastos do 'rolê'?

Atualizado: Quarta-feira, 23 Março de 2011 as 9:40

Muitas vezes, a amizade pode ser posta à prova em situações simples como, por exemplo, dividir a conta após uma saída com os amigos.

Contabilizar os centavos da amizade, expressão assim definida pelo educador financeiro e autor do livro "A Receita do Bolo”, Mauro Calil, traz muitos benefícios ao orçamento dos integrantes de um mesmo grupo social.

"Em uma turma de jovens, no caso, você tem gente muito rica, assim como gente menos abastada. Desse modo, trocar informações sobre o orçamento de cada um sempre é importante, ou seja, nivelar as saídas futuras pelo bolso”, explica o especialista.

Segundo Calil, o importante é não se estressar na hora do pagamento da conta. A equação é básica: ao sair para um lugar mais caro, os amigos com mais dinheiro acabam arcando com a maior parte dos gastos. O beneficiado, no futuro, pode devolver a gentileza.

"É sempre bom falar sobre como anda o orçamento, já que isso faz parte da etiqueta social. Fundamental também é definir, em situações como essa, quem poderá arcar com a maior parcela da conta", afirma Calil.

Situações

Mesmo com algumas arestas aparadas logo no primeiro momento, ninguém pode querer se aproveitar de uma mesma situação. Não dá para recorrer toda vez a um amigo e, dessa forma, impactar a imagem de maneira negativa.

Para Calil, se a turma optar por lugares que você não consiga arcar com as despesas, a melhor opção é declinar do convite. "Seja transparente na situação, pois assim ninguém irá reclamar, além da pessoa menos favorecida não ficar constrangida".

Agora, se você está em um grupo no qual o esquema seja sempre dividir a conta pelo gasto de cada um, basta apenas saber controlar o dinheiro despendido nas saídas.

"Seu comportamento tem relação com o evento e com as pessoas que estão nessa ocasião. Não faça isso em um grupo no qual você seja o desconhecido. Quando a conta chega, você olha para os outros e pede para rachar igual", aponta o consultor.

Comportamento

O problema com orçamento deve andar lado a lado com a transparência. Para não sair no prejuízo, o ideal é sempre comunicar aos amigos sobre a viabilidade de poder gastar ou não.

"Todo mundo pede uma porção mais cara e você pede o mais barato. A comunicação entre os amigos é essencial para não virar uma situação conflitante", descreve Calil.

"É bom deixar a situação bem clara logo no momento em que você é convidado. É melhor prevenir do que passar constrangimento depois, seja se endividando no cartão ou não tendo dinheiro para pagar a conta", conclui o especialista.

veja também