Con - cu - pis...o quê?

Con - cu - pis...o quê?

Atualizado: Segunda-feira, 25 Abril de 2011 as 9:14

"Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo..." (1 Jo 2:15).

Nos dias atuais as pessoas trocaram a liberdade pela libertinagem, a qual trataremos neste artigo...

E vamos dar um nome mais apropriado para explicar a libertinagem, neste caso a chamaremos de " a concupiscência". "Porque, tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo." (1 Jo 2:16). A concupiscência nada mais é que desejos intensos de bens ou gozos materiais, apetite sexual. Precisamos tomar cuidado para não sermos dominados por ela. A tv, os filmes, a internet, as revistas, as músicas... toda a mídia estácontaminada por ela.

A concupiscência da carne diz respeito aos "apetites sensuais", os desejos da carne e pela carne. Os escritores do Novo Testamento sempre tomaram a posição que o corpo físico não é mau por si mesmo, mas é vítima fácil do principio do pecado, que começa no coração, no homem interior. Existem alguns pecados poderosos demais para serem enfrentados diretamente, por serem muito enganadores ou muito atrativos. A bíblia nos diz: Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas; mas eu não me deixarei dominar por nenhuma (2 Co 6:12).

A concupiscência da carne é o que nos faz sentir prazer em fazer coisas ilícitas, coisas que nos trazem prazeres momentâneos ("E o mundo passa, e a sua concupiscência;mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre", 1 Jo 2:17), porque o verdadeiro prazer, a verdadeira alegria só encontramos em Deus, e a graça de Deus nos dá poder para dizer não à concupiscência.

A Bíblia diz em Tito 2:11-12: "Porque a graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos, para que, renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos no presente mundo sóbria, e justa, e piamente." Mas a concupiscência nos faz querer saciar a qualquer custoa vontade do corpo, da carne. Ela pode nos prender sem mesmo percebermos. Leia com atenção, reflita em qual dessas ..... você se encontra:

Concupiscência dos olhos: desejo de ver ou presenciar cenas de violência, morte, pornografias, obscenidades;

Concupiscência dos ouvidos: desejo de ouvir piadas imorais, de ouvir músicas profanas, de dar ouvido a boatos (fofocas) que invadem a privacidade alheia;

Concupiscência dos lábios: desejo de dizer "palavrão", palavras imorais, indecentes, comentar sobre a intimidade das pessoas, etc.

Se você se encontra em um desses exemplos, não se esqueça do que o Senhor nos diz: "Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne."(Gl 5:16), porque a concupiscência é pecado e o "...salário do pecado é a morte..."(Rm6:23a), mas quando vivemos uma vida de santidade (separados para Deus), recebemos uma recompensa que é "...o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor" (Rm 6:23b). Agora se você quer se livrar das concupiscências da carne, revista-se do Senhor Jesus e siga os seus exemplos amando uns aos outros, ajudando uns aos outros, e lembrando que as coisas deste mundo são passageiras, mas quem faz a vontade de Deus permanece para sempre.

Por Leandro Figuerôa

veja também