Confira algumas dicas da OAB para o Exame da Ordem

Confira algumas dicas da OAB para o Exame da Ordem

Atualizado: Segunda-feira, 20 Junho de 2011 as 4:19

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai divulgar a data oficial para seu segundo Exame da Ordem (são três oportunidades) deste ano, programado para o dia 17 de julho. É a chance de quem se formou em Direito ou está no último ano da faculdade de obter a carteira da OAB e assim poder exercer a profissão de advogado. Trata-se de um exame que preocupa os candidatos por ser o único caminho para esta carreira após a faculdade e por ter reprovado 80% dos participantes em 2010. O iG Estágio e Trainee falou com o presidente da comissão que trata do Exame da Ordem da OAB de São Paulo, Edson Cosac Bortolai, sobre as principais dicas que um candidato a iniciar a carreira como advogado deve levar em conta para essa nova prova. Segundo ele, o principal é se livrar da tensão que cerca a prova e a necessidade de ser aprovado. Veja as dicas de Cosac para conseguir isso:

1. Faça a prova ainda como estudante. A OAB permite que o aluno do último ano de Direito faça o exame da ordem. "Apesar de falta ainda algumas disciplinas, é possível passar. E o estudante está emocionalmente livre da pressão da família para passar na prova", diz. Ele só alerta os aprovados que não abandonem o empenho em concluir o curso por já terem direito à carteira da OAB.

2. Fique atento às modificações em relação à prova que podem ocorrer até o dia de sua realização, 17 de julho. "Até lá, a OAB pode publicar algumas modificações, além das já previstas como a diminuição do número de questões objetivas, de 100 para 80, e dissertativas, de seis para cinco."

3. A novidade gera a pressão. "Portanto mesmo se sentir despreparado, vá como treinero, mas faça a prova. Se não for aprovado, na vez seguinte você já será um veterano, não terá a pressão da novidade."

4. Escolha sua área de atuação. Evite cair na tentação de optar por uma área do Direito coma fama de ser "mais fácil". Segundo Cosac, o ideal é optar pela sua área de paixão ou de atuação no estágio. "Quem faz o exame em na área que deseja atuar ou já estagia tem menor possibilidade de erro. Uma área com menos matéria para ser estudada também tem seus detalhes e se você não dominar bem, pode ter mais dificuldade para passar."

5. Se for reprovado, não desista. Não há limite para tentar a aprovação. "A insistência é uma das características de um bom advogado. Se você não passou, não significa que não esteja preparado, pode não estar emocionalmente preparado. Tente de novo, até conseguir."

Por: Arthur Lopez

veja também