Conflitos externos, temores internos

Conflitos externos, temores internos

Atualizado: Sexta-feira, 19 Agosto de 2011 as 11:23

Vasculhando minha pasta de textos antigos, achei um que eu precisava compartilhar com vocês, mesmo que a situação que eu conto no texto já tenha sido resolvida, creio que muitos podem se identificar. Boa leitura!

"Na última quarta-feira (14/07/10), estava no PC terminando um vídeo, tinha acabado de sentar ali, deu 15 minutos, e pronto! A bomba! O telefone tocou e veio AQUELA notícia :/ Eu não posso contar aqui, mas é grave. Fui dormir naquele dia bem de madrugada, perdi o sono, e meu coração doía demais. Peguei minha bíblia, procurando consolo. Fiz o meu devocional normal, e nada de consolo, nada de palavra de conforto. Pensei: "Deus, vc tá de brincadeira, não tá vendo o que tá acontecendo?" Foi então que sentei na cama, desolada, e chorei mais uma vez. A casa estava silenciosa, o clima estava tenso, e eu segurava o choro pra não acordar minha mãe.

Vou abrir um parênteses e contar algo particular, sobre uma oração minha de um tempo atrás. Pedi a Deus que me colocasse em cena. Como assim? Não queria ser uma coadjuvante da história de Deus, do amor de Deus, do sofrimento de Deus. Eu queria participar disso tudo, sentir como Deus sente, seja amor, seja dor. E Deus responde a oração hein. Em duas semanas, passei por duas situações que simplesmente me vi nelas, totalmente inserida. Pedi a Deus que eu sentisse a dor da mãe que chora por seu filho drogado, pelo filho enlutado que chora por seu pai morto, que eu sentisse a solidão do órfão, e o coração machucado daquela garota de programa que vi na esquina semana passada. E essa de agora, é mais uma resposta de Deus à minha oração. Mas contei isso pra vcs terem idéia do que se passa comigo, mas voltando…

Quando estava quase pegando no sono, me lembrei de um versículo que só tem sentido na versão NVI: "conflitos externos, temores internos." 2 Coríntios 7:5 - Poxa vida, era o que eu sentia! Conflitos externos, porque eram situações que não estavam sob meu controle. Temores internos, porque era tudo o que havia em mim naquele momento. MEDO. E quantas vezes, na nossa vida, seja por situações gravíssimas como a que estou passando, ou por aquelas que julgamos de pequena importância, surgem situações que nos fogem do controle, nos fazem perder o chão, o nosso norte.

Queridos, do fundo do meu coração, saibam que Deus tem o controle de TUDO. Nenhuma situação passa despercebida a Ele. Eu tenho experimentado isso TODOS os dias da minha vida desde que o encontrei. Minha vida tá uma desgraça, minha família quase destruída, parece que meu problema de voz está voltando, mas eu não perco essa certeza, que TODAS as situações estão nas mãos de Deus. Como os discípulos, podemos pensar que Ele está dormindo, mas Ele só espera o momento certo da tempestade para se levantar e realizar um milagre maior.

Talvez, quem irá ler esse texto, está com a vida desgraçada, com a família destruída, o casamento/namoro arruinado, se sentido sozinho, com a saúde acabada, com seus dias reduzidos. À estes eu quero falar: DEUS TEM O CONTROLE. Ele é o piloto perfeito que nunca dorme. E Ele está vendo, vendo tudo o que acontece com você.

Cada lágrima filho, cada sussurro em oração mãe, cada aperto no coração menina, cada humilhação cara, aquele projeto que não deu certo pai, tudo o que acontece, Ele não só vê, como tem o controle. Não desista. Ele está com você!"

Por Camila Zaponi

veja também