Contraponto do leitor: O Mundo Oculto das Crônicas de Nárnia

Contraponto do leitor: O Mundo Oculto das Crônicas de Nárnia

Atualizado: Quarta-feira, 23 Março de 2011 as 8:26

Na segunda-feira, dia 21, o Guia-me publicou o texto entitulado "O Mundo Oculto das Crônicas de Nárnia" , clique no título para ler a publicação.

Escrito pelo Pr. Felipe Heiderich, o texto revela a interpretação do pastor quanto aos símbolos presentes na obra de C.S. Lewis (O guarda-roupa, o fauno, o leão Aslan, a feiticeira branca, o Sr. Noel, entre outros)

Ivan Vieira, de Brasília, leitor do Guia-me, não concorda com algumas colocações feitas por Felipe e nos enviou um contraponto que explica seu posicionamento quanto a simbologia de 'Crônicas de Nárnia' e o porquê de discordar do autor do texto.

Leia o contraponto de Ivan Vieira:

Alguns esclarecimentos: Clive.Staples Lewis nasceu em Belfast na Irlanda, em 1898 e morreu em Oxford no ano de 1963 . Até a década de 1930 se considerava ateu convicto.

Aos 10 anos de idade perdeu sua mãe. Sua família era portadora de uma extensa e interessante biblioteca onde  passou parte da infância lendo grandes clássicos. Enquanto ateu, era leitor de Freud. Batalhou  em guerra mundial. Se tornou amigo de Tolkien, T. S. Eliot, G. K. Chesterton.Ao se converter ao cristianismo se tornou membro da igreja anglicana. Logo ficou conhecido por sua extraorinária capacidade de defender a fé cristã por meio do ramo da teologia chamada apologética. Escreveu 38 livros que venderam 200 milhões de cópias em todo mundo. Entre eles o famoso e aclamado "Cristianismo puro e simples" onde ele faz um abordagem do que seria o verdadeiro cristianismo. E o fez como uma inteligência incomum na defesa da fé cristã. Em "Crônicas de Nárnia", muitos desconhecem o fato, mas foi um conto escrito por ele afim de falar de Jesus Cristo ( O leão Aslan) para seu netos.

Insurge-se, no texto publicado, que o acampamento do leão era místico cheio de criaturas. A bíblia relata, em apocalipse, quatro seres viventes bem "místicos" também. Rosto de águia, asas de anjos, patas... Compreendam. Não digo que a Biblia é mistica e embasa doutrinas de engano. Absolutamente não! Só defendo C.S. Lewis por ler e conhecer  a visão que ele tinha sobre Jesus Cristo. E até onde sei ele não tinha ligação direta com Walt Disney. E mesmo que tivesse, isso não seria sinônimo de envolvimento com artes ocultas até porque C.S.LEWIS não devia ser conhecedor desse fato. Quantas pessoas lidamos em nosso dia a dia em nosso trabalho que não são cristãs e que até mesmo tem ojeriza pelo cristianismo? Conversamos com elas, trabalhamos e enfim... temos contato. Não permitamos entrar em nosso meio dúvidas sobre homens e mulheres de Deus por conta de misticismos que enxergamos na vida de pessoas que na verdade defenderam com afinco e vigor o evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo.

veja também