Cristãos chineses enfrentam o Estado para falar do amor de Deus em redes sociais

Chineses enfrentam governo para falar de Deus

Atualizado: Segunda-feira, 7 Janeiro de 2013 as 11:05

 

chineses orando

Nem a censura é capaz de deter a vontade de falar do amor de Deus e os nossos irmãos chineses estão comprovando isso em sua luta contra o Estado repressor de seu país por meio da internet compartilhando sua fé na Web através das redes sociais.

Na lista dos 50 países que mais perseguem cristãos/evangélicos no mundo encontramos a China que faz represálias em sua população para deter esses grupos de fiéis que vem crescendo cada vez mais.  

Os chineses são conhecidos por terem religiões influentes introduzidas pelos estrangeiros como o Budismo, Islã, e o Cristianismo e atualmente, a República Popular da China tolera algumas liberdades religiosas e a existência de grupos religiosos ativos, mas estes grupos ainda são fortemente supervisionados pelo Estado chinês e pelas Associações Patrióticas (ex: Associação Patriótica Católica Chinesa), por isso é considerado ilegal ser membro de Igrejas ou de grupos religiosos que não são controlados por estas Associações Patrióticas.

Com isso os cristãos chineses encontram dificuldade em falar daquilo que acreditam e divulgar suas ideias, mas com a utilização de poderosos meios de comunicações como a internet essa barreira vem sendo vencida.

O Estado chinês regulamenta e vigia as redes sociais para que não haja qualquer disseminação da palavra por meio delas, porem os jovens cristãos não se intimidam e já começam a desafiar a censura se expressando contra a perseguição religiosa.

O número de usuários de internet da China supera a população da Grã-Bretanha, Alemanha e França juntas e de acordo com Centro de Informação de Internet da China, que cerca de 40% da população é usuária de redes sociais.

Para esses cristãos essa é uma vitória que vai se estender cada vez mais pelo país e muitos dos sites que compartilham a fé já têm tido alto índice de acessos como o Blog Shiy Pan que, atualmente, é o mais visitado com orações compartilhadas com frequência aos domingos por um multimilionário do ramo imobiliário que tem 6 milhões de seguidores em sua página da Web.

chines rede social

Todo esse movimento teve início quando um jovem de uma comunidade cristã na China publicou na Web uma fotografia sua em um ambiente público segurando uma faixa com mensagens do Evangelho. Com isso, cristãos que acessavam redes sociais viram a imagem e o elogiaram por sua coragem passando a seguir o exemplo.

Recentemente outra fotografia foi publicada. Dessa vez, uma menina segurando um cartaz amarelo com uma cruz e uma coroa de espinhos com os dizeres: “Creia em Jesus e receberá a vida eterna” conseguiu causar ainda mais impacto chegando a atingir 20 pessoas que responderam ao apelo se comprometendo com suas vidas a seguir Jesus.

É isso aí galera, vamos continuar falando do amor de Deus aos jovens de todo mundo não importam as circunstancias. Nova Geração, baseada no amor de Deus!

 

 

 

 

com informações de: O diário

veja também