Descubra porque muitos usuários do Facebook estão deixando de usar a rede

Até que ponto a vida dos amigos do Face te interessa?

Atualizado: Quinta-feira, 7 Fevereiro de 2013 as 11:07

 

Não é novidade para ninguém que atualmente o Facebook é a rede social mais acessada com um número violento de brasileiros estando no topo da lista dos países que mais utilizam a rede nos últimos anos, mas nada disso significa que os usuários do Facebook não cansem de usar suas páginas e cheguem até a enjoar e deixar de lado suas contas.

Prova disso é o resultado da pesquisa feita pelo Internet & American Life Project, do Pew Research Center, conduzida em dezembro, que verificou um número crescente de usuários que admitiu ter se afastado voluntariamente do site, em muitos casos por semanas inteiras.

É claro que, ainda que alguns usuários do Facebook estejam restringindo seu consumo diário do serviço, a vasta maioria (92%) dos usuários de redes sociais ainda mantém um perfil no site.

O maior motivo pelo qual os usuários do Facebook têm deixado de utilizar a rede refere-se a questões de privacidade e segurança. Ainda que muitos desses usuários tenham voltado a utilizar suas páginas após algum tempo, cerca de 20% deles revelaram que preferiram cancelar suas contas, o que significa um desgaste em escala muito mais ampla entre os usuários do site.

not like

A pesquisa oferece outras percepções interessantes, entre as quais a de que os usuários mais jovens vêm passando menos tempo no Facebook. O relatório aponta que 42% dos usuários do Facebook na faixa etária dos 18 aos 29 anos disseram que o tempo médio que dedicam ao site em um dia típico havia caído no ano passado.

Lee Rainie, diretor do Internet & American Life Project no Pew Research Center, responsável pela pesquisa, descreveu os resultados como uma espécie de ‘acerto de contas social’ e afirmou que esses dados demonstram que as pessoas estão tentando ‘recalibrar’ suas vidas para acomodar as novas ferramentas sociais. “Os usuários do Facebook estão começando a se perguntar até que ponto o que seus amigos da rede estão fazendo ou pensando é relevante para suas vidas pessoais e estão comparando os pontos positivos e negativos disso como se estivessem fazendo um balanço de suas redes sociais, tentando descobrir o quanto a conectividade propicia a eles algo bom em comparação com ao tempo gasto por eles com aquilo" disse Rainie.

O maior desafio para o Facebook agora está em descobrir como continuar a lucrar com sua base de usuários e parte importante desse processo envolve mantê-los entretidos e interessados em retornar regularmente suas contas no site.

Recentemente, a empresa lançou um serviço chamado Busca Social, uma ferramenta de buscas que promete ajudar usuários a responder perguntas sobre todos os assuntos, de recomendações de viagem a potenciais empregos e até conexões amorosas para ver se assim os usuários passem a se interessar mais pelo conteúdo disposto na rede.

Toda tentativa é válida para quem não quer perder 1 bilhão de usuário não é mesmo?!

 

 

com informações de: Folha - Uol

veja também