Descuidados, homens caem em mais golpes na Internet do que mulheres

Descuidados, homens caem em mais golpes na Internet do que mulheres

Atualizado: Quinta-feira, 17 Novembro de 2011 as 11:44

Um estudo realizado pela companhia de softwares antivírus, Bitdefender, obteve resultados no mínimo interessantes. Segundo a pesquisa, homens são mais suscetíveis a serem enganados do que mulheres quando se trata de golpes aplicados pela Internet.

Para chegar a tal conclusão, a Bitdefender usou como indícios alguns dos comportamentos que poderiam deixar usuários mais vulneráveis. Assim, a companhia avaliou, de forma preliminar o número de pessoas que aceitava pedidos de amizade de completos estranhos no Facebook. As mulheres recusaram em 64,2% das vezes, enquanto os homens o fizeram em apenas 55,4% das ocasiões. Embora ambos os números sejam altos, trata-se de uma diferença considerável.

Ainda segundo a empresa, homens se sentem muito mais tentados a acrescentar alguém estranho a sua lista de amigos caso o perfil, muitas vezes falso, venha acompanhado de fotos de uma mulher bonita. Para um número maior de mulheres, por outro lado, ser adicionada por um homem bonito não foi realmente uma tentação irresistível.

Dois outros pontos também mostraram homens como os menos cuidadosos online. Do total, 25% deles permitiam que estranhos tivessem acesso aos dados do seu perfil e atualizações, comparados com apenas 16% das mulheres. Além disso, a análise mostrou que eles tendem a revelar sua localização exata de tempos em tempos, com uso de aplicativos como o Foursquare ou mesmo especificando a sua cidade natal, muito mais do que elas.

Para o gerente de segurança da Bitdefender, George Petre, a diferença pode ser atribuída ao fato de que as mulheres são naturalmente mais cautelosas. "Homens se expõem a riscos mais do que mulheres, especialmente quando se trata de aceitar pedidos de amizades de pessoas desconhecidas [em redes sociais]", completou.

Via Daily Mail

veja também