Deus é Pai... de quem receber o Seu filho

Deus é Pai... de quem receber o Seu filho

Atualizado: Terça-feira, 28 Dezembro de 2010 as 1:11

Relacionamento... penso muito nesta palavra e rejeito a palavra Religião. A religião não me revela amor, mas um bom relacionamento com Deus sim.

Esta semana eu lí uma história muito bonita . Ela era a história de Jimmy, um jovem   que perdeu sua mãe na ocasião de seu nascimento e que conhecia seu pai apenas por cartas vindas de outro país.  Seu pai era presente através das cartas, presentes e fotos. Jimmy era interno de um colégio na Inglaterra e sua solidão era insuportável quando chegava as ferias, pois ele não tinha para onde ir nem pais para visitar.

Certo dia, Jimmy  escreveu a seu pai, dizendo: “Gostaria muito de vê-lo pessoalmente!” Para a surpresa de Jimmy a resposta veio num telegrama com status de “URGENTE”. Era de seu pai e dizia: “Querido filho, estarei chegando de navio na sexta-feira, dia 15. Teremos dias gostosos juntos. Amo você, papai”.

Quando o navio atracou Jimmy já estava lá. Logo viu seu pai, ambos correram e se abraçaram fortemente. Até então, a palavra pai significava apenas um doardor de brinquedos, um escritor de cartas, um homem bom, mas extremamente ocupado, que morava em outro país. Agora de carne e osso, uma realidade palpável. Estava ali, presente em sua vida.

Galera, desde pequenos aprendemos que existe um Deus no céu, que criou tudo e todos, que é bom e escuta as orações. O tempo passou, muitos de nós começamos a pegar ondas e a experimentar a sensação de liberdade abençoadora que só sabe quem desliza sobre as ondas. Começamos a agradecer ao Senhor por cada experiência que tivemos, por cada necessidade suprida, por cada trip, tubo ou prancha nova… dissemos: “Obrigado Senhor!”

Mas quem é seu Senhor? Quem é seu Deus? É um ser que simplesmente funciona como o velho gênio da lâmpada que só serve para satisfazer seus desejos, que mete medo por ter todo poder e que tá longe demais para se importar com sua vida?

Quando olhamos para a vida de Jesus Cristo vemos a revelação do caráter do Pai Celestial. Ele nos busca a todo instante para um relacionamento íntimo. Ele nos conhece e mesmo encarando nossa mizéria ele se compadece e nos socorre.

Pai, Deus se revelou ao mundo como um verdadeiro Pai. Pai que enviou seu único filho ao mundo para salvar o que se havia perdido, eu e você! Veio ao mundo para transformar criaturas rebeldes e distantes em filhos amados!

Jesus nasceu, viveu sem pecado, morreu por nossos pecados, ressucitou e espera o dia de sua segunda vinda para resgatar os “Filhos”.

Falando sobre Jesus, criaturas e filhos de Deus, veja o que a Bíblia diz: “Jesus veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus”.  João 1:11-13

Você já recebeu Jesus Cristo em sua vida? Digo... ele é de fato Senhor, dono, mentor de sua vida? Ou você é mais um daqueles que a cada Natal celebra o nascimento do poderoso Jesus da religião, um Jesus que se encontra longe, que não é Senhor e só serve para nos socorrer nos dias maus?! Milhares de pessoas fazem isso.

Deus é pai dos que receberam seu filho, Jesus é a forma que o Pai encontrou para nos libertar de um conhecimento meramente intelectual e nos dar um relacionamento pessoal íntimo. Ele já veio, já nos falou e já pagou por nossa culpa... nele somos livres, encontramos orientação, socorro e adoção.

E aí? Filho ou mera criatura? Relacionamento ou Religião? Nessa vida temos que decidir enquanto há tempo.

Que Jesus viva em nossos corações nos falando diariamente!

Marquito Santos

Marquito Santos é formado em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, membro da Missão Surfistas de Cristo no Brasil, da Missão Internacional de Surfistas de Cristo, pastor e professor dos jovens da Igreja Presbiteriana de Fortaleza, além de escrever para o site EmFocoSurf.com.br  

veja também