Dicas para que você supere uma traição sem agir por impulso

Descubra como reagir a uma traição

Atualizado: Quinta-feira, 27 Dezembro de 2012 as 10:46

 

Tempos modernos trazem novas fases para os relacionamentos e a moda agora é trair e ser traído, e você, o que acha disso?

Não é novidade pra ninguém que atualmente o número de pessoas que traem ou que são traídas cresceu muito, mas a grande questão é o que fazer quando sou vítima de uma situação como esta? Será que a melhor escolha é dar o troco, devolver na mesma moeda?

Ouvimos a opinião do professor de artes dramáticas, Alex Rech, que nos contou sua opinião sobre o assunto.

Para Alex dar o troco no outro é como se vender e ele afirma que acha que fazer isso só para provar algo ao outro é uma coisa que não vale a pena. "Ou você perdoa ou você termina." diz ele.

O professor acredita que fazer algo sem vontade é estar disposto a também se machucar. "Enquanto a ideia de dar o troco está só na mente é uma coisa, agora quando a pessoa parte para o ato, aí vira outra coisa. O ato pode trazer consequências até piores para você do que o fato de ter sido traído inicialmente."

Alex ainda diz que se a pessoa traída não liga para o fato de partir para o ato e tem vontade de devolver a traição da mesma forma, não tem porque estarem juntos. "Se você tem vontade de trair também então os dois são sacanas e ai não tem porque estarem juntos. O melhor é terminar e assumir sua vida de solteirice".

Outro ponto relevante na questão da traição é o perdão. Em muitos casos pouco tempo depois de perdoar e reatar a pessoa se vê novamente na mesma situação e isso passa a ser uma constante. Nesses casos é comum ver a pessoa traída se perguntar o porquê de estar vivendo repetidas vezes a mesma situação mesmo dando chance para que o outro possa rever seus conceitos e não cometer o ato de novo.

Segundo o professor Alex, isso ocorre porque o outro não gosta de verdade e geralmente usa como desculpa, certa carência que não existe. "Não é carência porque si fosse ele ou ela não teria sempre alguém para lhe acolher."

A sugestão de Alex é que a pessoa traída não perdoe mais. "Tem que existir um momento de dar um basta porque se não o outro se acostuma e acha que pode fazer isso sempre porque sempre vai ser perdoado e voltar a cometer o mesmo erro sem problemas".

De qualquer jeito, sabemos que não é fácil entender essa situação sem ter qualquer reação. A pessoa traída sustenta dentro de si sentimentos de raiva, tristeza, impotência e culpa, principalmente quando além dela as pessoas ao seu redor também descobrem a traição e caso isso chegue até as mídias sociais então, pior ainda. Todos passam a dar opinião sobre o assunto pessoalmente e virtualmente.

Nessa hora, nossa dica é sacudir a poeira e passar por cima disso de cabeça erguida. Separamos aqui quatro dicas para que você supere uma traição e saia dela sem cometer atos precipitados.

A primeira dica é: Ame seu trabalho e refugie-se nele.

O trabalho é a sua realização pessoal e não existe coisa mais prazerosa do que se entregar aquilo que você gosta para se realizar. Refugiar-se no trabalho não é ruim desde que você saiba ponderar as coisas. Procure no trabalho algo que te traga felicidade e realização pessoal.

A segunda dica é: Faça a fila andar.

Existem outras pessoas interessantes que podem estar de olho em você enquanto você chora por alguém que não te merece. Amplie seu olhar e deixe-se envolver por alguém que realmente te ame. Perder tempo pra quê?

A terceira dica é: Realize um sonho.

Muitas vezes idealizamos nossos sonhos ao lado de uma pessoa, mas, quando nos decepcionamos com ela deixamos de lado os sonhos. Não deixe o que realmente te faz feliz de lado só porque aquela pessoa não faz mais parte da sua vida. Não se abata e corra atrás do sonho.

A quarta dica é: Perdoe se puder.

Buchichos e fofocas podem ser grandes agentes que nos fazem crer numa traição, mas para quem ama e acha que vale a pena acreditar, uma boa conversa e um pedido de sincero de perdão fazem toda diferença. Não precisa ficar dando satisfação para os de fora sobre sua decisão. Isso é algo particular e falando sério: ninguém pode te julgar, o que vale mesmo é ser feliz!

Agora que você já tirou suas possíveis dúvidas e anotou as dicas, esqueça o que passou e vá encontrar sua felicidade! 

 

 

com informações de: GNT

veja também