Dicas para se sair bem na fase mais estressante da seleção

Dicas para se sair bem na fase mais estressante da seleção

Atualizado: Segunda-feira, 4 Julho de 2011 as 4:41

Ao ser chamado para a fase de dinâmicas de grupo é bom estar preparado para se ver diante de profissionais da empresa, geralmente do setor para onde são as vagas, e da simulação de um caso real de trabalho. Você terá de apresentar soluções, justificá-las e atuar em grupo para isso. Este é o painel de negócio, a fase do processo de seleção para uma vaga de trabalho que mais demonstra como é a empresa e o que ela quer do candidato. Diante desses desafios, segundo os recrutadores ouvidos pelo iG Estágio e Trainee, essa pode até ser considerada a etapa mais estressante para os candidatos, mas também a grande oportunidade para demonstrar que você está preparado para a vaga. outro nome usado nos recrutamento para esse painel é o assessment center. O portal ouviu especialistas para levantar as principais orientações para quem vai enfrentar seu primeiro painel de negócios.

Prepare-se para uma sabatina - O painel de negócios pode variar em cada processo. Em alguns, o candidato é entrevistado por um gestor de cada vez, e em outros por dois e até três. Em todos esses casos, segundo a psicóloga Isabel Doval, diretora de educação da Sociedade Brasileira de Dinâmicas de Grupo, esses profissionais estarão focados em avaliar os conhecimentos do candidato sobre a empresa. "É o momento que pode causar maior tensão no candidato porque a organização também pode querer conhecer o modo como ele lida com a pressão", diz. Portanto, além de bem-informado, é preciso manter a calma.

Pesquise sobre tudo da empresa - Para se preparar para o painel, uma visita ao site da companhia que oferece as vagas é fundamental, diz a diretora da Foco Talentos Renata Schmidt. "Em um desses paineis, um diretor da empresa perguntou aos candidatos quem conhecia o site da companhia e nenhum levantou a mão. Foi pedido um novo recrutamento", diz. De acordo com a headhunter da Page Personnel, Priscila Salgado, é preciso ainda saber o que a imprensa fala da empresa e do setor e a pesquisa deve se estender ainda sobre as companhias concorrentes. "Tudo isso vai passar o quanto você está atualizado e interessado pela área, além de facilitar na hora de sugerir soluções para as simulações apresentadas", afirma.

Os especialistas dizem que não há regras para o painel de negócios, mas essas cinco dicas podem ajudar o candidato a se sair melhor nessa fase importante do processo:

1. Pesquise a empresa - Saiba o que a companhia que você quer trabalhar faz, sua área de atuação, em que lugar está no mercado e quais são seus concorrentes (benchmarking). Busque no site da empresa e no que é publicado na internet, por exemplo.

2. Procure se expor - É a horaque a timidez pode ser um problema para você. Especialistas dizem que você deve usar todas as ferramentas para superar a inibição e mostrar o que você sabe.

3. Trabalhe em equipe - Participe e deixe os outros participarem também. Você pode até procurar incluir quem está calado. Para isso, basta perguntar a opinião desse outro candidato e, o principal, saber ouvi-la.

4. Argumente com coerência - Não basta sugerir, é preciso saber defender sua ideia. É nesse momento que sua pesquisa sobre o setor será ainda mais valorizada.

5. Foco nos objetivos da empresa – É bom não cair na tentação de opinar só para demonstrar o que sabe sobre a empresa. Especialistas dizem que o objetivo é encontrar uma solução que seja vantajosa para a companhia. Cabe nesses casos questionar sobre o verdadeiro objetivo e as prioridades antes de propor uma solução.

veja também