Entenda sua desilusão como aprendizado

Entenda sua desilusão como aprendizado

Atualizado: Quarta-feira, 14 Março de 2012 as 11:50

Viver uma desilusão dói, incomoda, machuca, tira você do conhecido e do confortável e ainda faz você se sentir um completo 'pateta'.

Mas desiludir-se também é um grande privilégio. A desilusão deveria servir para que o desiludido se questionasse sobre em que andou acreditando.

O problema é que ao se desiludirem, muitas pessoas entram em um longo período de lamentação que não ajuda em nada e vão se afundando em um poço de lama. Não se conformam por não viverem a história de amor que acreditavam e se fazem de vítima até não aguentarem mais.

Ainda não se refez de alguma desilusão? A consultora de relacionamentos, Rosana Braga, te ensina o que fazer. "Em vez de se perder em reclamações que não levam a nada, tente compreender a grande chance que se apresenta bem diante de você! Sim, isso mesmo! Basta prestar atenção no significado da palavra “desilusão”. É o processo de se desfazer uma ilusão. É o fim da ilusão!"

A chance de acabar com uma desilusão é melhor do que você pensa. Rever seus comportamentos e poder encarar o outro de frente, colocando os pingos nos is, não deve ser ignorado por você.

Se refazer de uma pessoa desiludida permite fazer escolhas mais coerentes e maduras. Desiludir-se várias vezes durante a vida não é motivo para tristeza, e sim para compreensão do que está havendo. É a forma que a vida tem de te aplicar algumas lições.

Não enxergue as desilusões de forma negativa, isso só te fará afundar. Enxergue-as como oportunidade de melhorar e acertar, sempre!


com informações do Par Perfeito

veja também