Estudantes farão vestibular bem no Dia dos Namorados

Estudantes farão vestibular bem no Dia dos Namorados

Atualizado: Quinta-feira, 9 Junho de 2011 as 4:04

Que Dia dos Namorados, que nada. Para milhares de estudantes no Rio de Janeiro, o domingo (12) está marcado na agenda como a data da fase inicial do vestibular da Uerj, o primeiro grande exame do ano no país. A prova de qualificação tem o maior número de inscritos desde 2005: são 79.079 candidatos para 45 cursos de graduação. A relação candidato-vaga só será divulgada posteriormente.

Muitos estudantes, porém, já pensam em conseguir um bom desempenho de primeira. Para isso, investem nos estudos e abrem mão de atividades de lazer.

Aluno do Colégio Pedro II, que é público, Luca Lisboa Ferreira, 17 anos, vai prestar vestibular para economia. Para isso, desistiu de jogar polo aquático no Fluminense e passou a se dedicar mais aos estudos. "Tenho feito as provas dos anos anteriores, criei uma rotina diária de estudos das matérias de que preciso para passar”, relata. Luca se preparou para a prova com a ajuda da namorada, que também vai prestar o vestibular. "Ela estuda em escola diferente e a gente troca exercícios para fugir do padrão de cada professor." Ele garante que o namoro não atrapalha e que ainda aproveita a companhia da namorada para estudarem juntos.

Candidato a uma vaga em medicina, Henrique Maluf, 18 anos, passa praticamente o dia inteiro estudando. Além de cursar o terceiro ano do ensino médio em um colégio particular, o São Vicente de Paulo, o jovem está matriculado em dois cursinhos pré-vestibular. Em um deles, dedica-se especificamente à área biológica.

"Nunca fui um aluno dos mais esforçados, mas do ano passado para cá, decidi estudar mesmo para valer”, confessa. Ele diz que tem estudado cerca de 11 horas por dia, nas aulas, e ainda se prepara em casa, sozinho. Para conquistar a disputada vaga em medicina, ele deixou de lado os esportes, o videogame e os programas noturnos. "Não faço mais remo nem vôlei, deixei de sair às sextas-feiras. Estou me dedicando de verdade”, garante.

O professor de língua portuguesa Francesco Rodrigues de Lima, do Centro Educacional da Lagoa, diz que o aluno que já costuma estudar na escola, faz as matérias específicas para o vestibular à tarde e ainda reforça em casa já estuda bastante. A questão, segundo ele, é quando o jovem começou a estudar. "Se ele começou a ter esse cotidiano agora, depois de se inscrever para o vestibular da Uerj, ele certamente está defasado em relação aos outros. Mas se ele já vem mantendo um hábito de estudo de longa data, já está fazendo o correto”.

A estudante Mariana Richa Villarinho Cavalcante, 17 anos, também do CEL, vai tentar uma vaga em direito na Uerj, mas admite que só passou a se dedicar à prova no último mês. "Eu pego uma hora, todo dia, porque tenho que estudar ao mesmo tempo para o colégio, onde temos prova toda semana”, justifica.

Ela diz que abriu mão de jogar vôlei este ano por causa do vestibular. "Decidi focar nos estudos, mesmo”. Para Mariana, conseguir uma vaga na Uerj é um sonho. "É minha prioridade e tirar um A é importante, porque eu poderia estudar só as específicas da discursiva, no final do ano”, explica Mariana.

Abrir mão do lazer é uma decisão acertada, na opinião do professor Marcos Freitas Ribeiro, do Curso Freitas Ribeiro. "Não dá para achar que vai ser um ano igual aos outros. A preparação é importante, não dá para fazer tudo e achar que vai tirar o vestibular de letra, mesmo sendo um bom aluno. Ele precisa valorizar a prova”, opina.

A prova deste domingo será aplicada das 9h às 13h e terá 60 questões de múltipla escolha, contemplando todas as disciplinas. É também a primeira oportunidade para os estudantes se classificarem para a última e decisiva fase do exame, de matérias específicas, prevista para 4 de dezembro - a data ainda precisa ser confirmada. Quem não obtiver uma boa nota neste dia 12, terá uma outra chance, na segunda prova da primeira fase, em 11 de setembro. Se a dedicação recente vai dar resultado, só mesmo depois do Dia dos Namorados tão diferente que esses jovens terão no domingo.

veja também