Estudantes que usam o Facebook para se exibir são narcisistas

Estudantes que usam o Facebook para se exibir são narcisistas

Atualizado: Sexta-feira, 8 Abril de 2011 as 1:04

Uma nova pesquisa, a ser apresentada nessa sexta-feira (8/04) em uma conferência sobre educação, em New Orleans, concluiu o que muitos já suspeitavam: estudantes universitários que usam o Facebook e outras plataformas de tecnologia para se mostrar - em vez de utilizá-las para interagir com outros usuários - exibem sinais clássicos de narcisismo.

Meghan Saculla, professora da Flager College, e W. Pitt Derryberry, pesquisador da Universidade de Kentycky observaram como 279 jovens usavam seus dispositivos eletrônicos para enviar conteúdo às redes sociais. Em seguida, entrevistaram esses estudantes a fim de descobrir a imagem que eles tinham de si mesmo. O objetivo era traçar paralelos entre tecnologia, narcisismo e o desenvolvimento de juízos de valor.

A hipótese dos acadêmicos de que os estudantes usam ferramentas sociais para se autopromover e, na busca por popularidade, tendem a se tornar narcisistas, foi confirmada. Muitos dos entrevistados chegaram a admitir o mal, o que mostra uma correlação entre o modo como eles se vêem e o que o estudo aferiu.

"Os homens têm mais propensão a utilizar o Facebook/My Space para ganharem popularidade e exibirem-se. Além disso, criam uma identidade virtual com a ajuda de seus smartphones e, por vezes, se isolam por causa desses dispositivos eletrônicos", diz a pesquisa. "Apesar de as mulheres usarem aparelhos de comunicação com mais frequência do que os homens, estes têm sua vida social mais prejudicada por conta deles".

Saculla e Derryberry admitem, no entanto, as limitações de sua pesquisa, que pecou por ter um universo pequeno de estudantes do sexo feminino e limitar-se a uma determinada faixa geográfica e socioeconômica. Enfatizam também que uso de dispositivos eletrônicos e mídias sociais não transforma, automaticamente, os jovens em narcisistas.

(Chris Nerney)

Por ITworld/US

veja também