Estudo: Adolescentes positivos tornam-se adultos saudáveis

Estudo: Adolescentes positivos tornam-se adultos saudáveis

Atualizado: Segunda-feira, 25 Julho de 2011 as 10:43

Investigadores da Universidade Northwestern (EUA) desenvolveram um estudo que mostra que jovens que vivem a sua adolescência de forma positiva têm mais hipóteses de serem saudáveis quando se tornarem adultos.

Os cientistas analisaram dados de 10.147 jovens. Os níveis de bem-estar positivo dessas pessoas em 1994 foram medidos, como uma forma de previsão de saúde geral e comportamentos arriscados dos jovens quando estes atingissem a idade adulta, em 2001.

«Os nossos resultados mostram que o bem-estar positivo durante a adolescência está significativamente associado a relatos de excelente saúde no começo da vida adulta», afirma a investigadora Lindsay Till Hoyt. Jovens que tinham bem-estar positivo durante a adolescência tinham riscos reduzidos de apresentarem comportamento insalubre quando adultos, como o tabagismo, alcoolismo, uso de drogas e maus hábitos alimentares.

«O bem-estar positivo é mais do que apenas a ausência da depressão; a influência do bem estar positivo de um adolescente na sua saúde a longo prazo está presente mesmo após considerarmos os efeitos negativos na saúde da vivência de sintomas depressivos na adolescência» explica Hoyt.

Os autores do estudo acreditam que o incentivo do bem-estar positivo na adolescência seria uma estratégia eficiente de promover melhorias na saúde durante longos períodos de tempo.  

veja também