Facebook: Novo feed de notícias pode reunir mais informações pessoais

Facebook: Novo feed de notícias pode reunir mais informações pessoais

Atualizado: Segunda-feira, 8 Agosto de 2011 as 9

O Facebook está mexendo no nosso feed de notícia para dar mais visibilidade aos desenvolvedores e anunciantes, de acordo com o Wall Street Journal. O veículo também afirma que as mudanças podem permitir que a rede social reúna ainda mais informações sobre seus usuários.

Tanto anunciantes quanto desenvolvedores são vitais para o sucesso do Facebook de forma geral, mas eles argumentam que o sistema atual não está funcionando. Sim, nós vemos o que seus amigos estão "curtindo", mas não seria mais estimulante usar esses apps ou interagir com esses anunciantes se nossos amigos também estivessem fazendo isso?

O Facebook confirmou que está realizando testes iniciais limitados para um feed de notícias ainda mais intrusivo. E posso confirmar isso pessoalmente: já vi comentários de amigos em páginas e coisas do tipo colocados no meu feed como qualquer outro status. Um pouco estranho, sim: mas acho que eles pensam que isso vai aumentar as chances de eu dar uma olhada nessas páginas (o que não acontece).

A companhia também pode estar pronta para expandir seu botão "Curtir" para outros conceitos, afirma o jornal, como um botão de "Want" (Quero) ou "Need" (Preciso), e por aí vai. Obviamente, isso poderia dar ao Facebook algumas informações úteis sobre você - afinal de contas, eles já usando as suas "curtidas" para alimentar a publicidade.

Digamos que você clique no novo botão "Want" no carro dos seus sonhos. Não é preciso muito para esperar que o Facebook queira então lhe enviar anúncios de carros.

Ainda não está claro quando o Facebook vai começar a implementar essas mudanças em grande escala. O Wall Street Journal e outros veículos sugerem que essas mudanças no feed de notícias serão anunciadas na conferência anual de desenvolvedores da empresa, chamada F8. Apesar de ter acontecido em abril no ano passado, ainda não há uma data definida para a edição 2011.

veja também