Geração Y sem atitude Y não adianta

Geração Y sem atitude Y não adianta

Atualizado: Quinta-feira, 15 Março de 2012 as 10:08

Ultimamente as empresas têm investido na nova geração como aposta de mudanças e melhoras. A chama Geração Y é a responsável pelas inovações da empresa. E se algo der errado, a culpa também é desses jovens.

É fato que as empresas precisam de profissionais dispostos a fazer a diferença, mas isso não significa que essa seja uma característica apenas dos jovens talentos.

Roberto Miranda, presidente da Tesa Telecom, acredita que os pertencentes à Geração Y não se caracterizam pelo ano de nascimento.

“O que precisamos, na verdade, são de pessoas de qualquer idade, que acompanham a evolução da sociedade, conhecem os paradigmas do mundo empresarial e criam soluções inovadoras. Profissionais com atitudes Y são fundamentais. É preciso aliar a experiência profissional adquirida ao longo da carreira para gerar novos negócios e isso definitivamente não tem idade”, afirma Miranda.

É a atitude Y, e não a Geração Y que faz a diferença. E essa atitude pode correr nas veias de qualquer um. Basta estar disposto a ser esse diferencial na instituição.

Enquanto as idéias, os pensamentos e a forma de trabalho continuarem evoluindo com o passar do tempo, qualquer profissional com décadas de experiência pode ser o Y da empresa.

 

com informações do Administradores

veja também