Gerente do Facebook vê 'década do compartilhamento'

Gerente do Facebook vê 'década do compartilhamento'

Atualizado: Sexta-feira, 25 Novembro de 2011 as 1:57

O compartilhamento de notícias mudou a forma do internauta navegar na web, afirma o gerente de expansão do Facebook no Brasil, Ricardo Sangion, palestrante do terceiro painel do MediaOn 2011 nesta quarta-feira. A página principal dos sites e portais perdeu, segundo ele, audiência para as redes sociais, já que não se tornaram a única porta de entrada para o conteúdo.

"A partir de 2000, as capas dos portais acabaram caindo em taxa de acesso por causa do avanço dos buscadores, como o Google. A forma de navegar na web se concentrou na busca, porque quando você faz uma busca, você acha o que quer. Agora, nesta década, o compartilhamento é o mais importante. Seu amigo mostra um link em uma rede social e você acaba acessando", explicou Sangion.

Segundo dados do Facebook, o jornal americano Washington Post aumentou em 280% o número de acessos entre maio e dezembro de 2010, depois que passou a utilizar a rede social como porta de entrada para as notícias. O Huffington Post aumentou em 22% os acessos e aumentou para 8 minutos o tempo médio de permanência no site.

Em todo o mundo, o Facebook possui 800 milhões de usuários ativos e 350 milhões de usuários que utilizam recursos mobiles. Cerca da metade desse número utiliza o site todos os dias. Em média, cada usuário possui 130 amigos. "O Brasil tem uma média maior. Brasileiro tem mais facilidade de estabelecer amizades dentro da rede. A gente conhece uma pessoa e já considera amigo dentro da rede, diferente de alguns países", disse.

Sangion usou grande parte de sua palestra para ensinar os jornalistas a utilizar melhor o Facebook como ferramenta para jornalistas, mostrando recursos de pesquisas de fontes, o recente sistema de assinaturas e fan pages.

"Não curtir"

Após falar de inovações do Facebook, Ricardo Sangion negou que a rede tenha intenção de criar um botão de "não curtir", como sugerem alguns usuários. "Quando você curte, você curte para você e não está preocupado o que o outro pensa. Você não deveria levar para seus amigos coisas que você não gosta. O curtir não é um 'gostei' ou 'não gostei'. Ele não tem essa tradução literal", disse.

O mediador da mesa, o editor do Link do O Estado de S. Paulo, Alexandre Matias, rebateu com bom humor: "É que algumas pessoas não entendem. Está lá 'Amy Winehouse morreu' e você vai dar um curtir?"

MediaOn

O MediaOn, encontro realizado anualmente pelo Terra e Itaú Cultural, é um dos principais fóruns de debates sobre jornalismo digital e novas mídias. O evento será transmitido ao vivo entre os dias 22 e 24 de novembro.

Criado por jornalistas e profissionais da internet, o MediaOn reedita a curadoria dos jornalistas Antonio Prada, diretor de Mídia do Terra, Fernanda Cerávolo, gerente de Mídia do Google, e Jaime Spitzcovsky, colunista da Folha de S. Paulo. A produção executiva é de Felipe Morales Fonseca e Paula Grinover com a equipe do Itaú Cultural.

Os debates contam com a presença de representantes de veículos brasileiros, da América Latina, Europa e Estados Unidos. O tema do evento deste ano é "A transformação do ciclo da notícia, a revolução na indústria cultural e os efeitos na produção de conteúdo criativo".

veja também