Jovens, firmem seus valores!

Jovens, firmem seus valores!

Atualizado: Quinta-feira, 3 Março de 2011 as 8:37

Nossa geração enfrenta um grande desafio: Honrar seus compromissos e viver de acordo com os princípios cristãos em tempos de descompromisso, de relativismos, de "tudo é válido, desde que cada um respeite a posição divergente da sua". Em tempos de distanciamento da "sã Doutrina" ou em palavras mais claras, da verdade, do que é certo, dos valores absolutos da lei de Deus, é cada vez mais difícil ter posições definidas.

No meio de tantas posições "aceitáveis" para a sociedade, é difícil para os jovens optar pela posição bíblica e permanecer fiéis ao padrão de Deus. Enquanto a proposta deste século é o "ficar"; sexo à vontade (desde que pôr amor e com camisinha, é claro ); homossexualismo como uma opção a mais na expressão da sexualidade; a Bíblia permanece a mesma.

No entanto, até mesmo entre os que se dizem seguidores da Bíblia, muitos já não consideram o que ela ensina. Afinal de contas, não podemos ser radicais! Talvez os crentes antigos tenham sido muito literais … E aos poucos, o povo de Deus está falando com sotaque pagão.

É hora de renovarmos nosso compromisso com a Palavra. É hora de sermos considerados, se necessário for, antiquados, quadrados, mas fiéis. Não removamos os marcos antigos que nossos pais fixaram. Os valores bíblicos não sofrem influências das épocas. Eles são eternos.

Precisamos optar pôr eles, se quisermos ser identificados como cidadãos de outro mundo. É importante darmos atenção ao conselho de Paulo a Timóteo: "Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado, sabendo de quem o aprendeste. E que, desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus" (2Tm.3.14,15)

Portanto, jovens, firmem seus valores. A Bíblia é a fonte mais rica e confiável que temos.

Nela encontramos a vontade de Deus para todas as áreas de nossa vida. Se queremos saber se Deus aprova ou não uma atitude nossa, ela está ali para falar. Envolver-se o máximo possível nas atividades da Igreja, é outra maneira de ter a lei de Deus em nossos corações, firmando assim nossos valores nela. As atividades de nossa UMP nos ajudam a andarmos em comunhão uns com os outros e a estudarmos juntos a Palavra de Deus. Se você ainda não faz parte da UMP, está perdendo uma grande oportunidade de crescer e firmar seus valores. Junte-se a nós nesta caminhada.

( Extraído e adaptado da Revista UNIJOVEM – 99 )

Por: Arnaldo Matias Cavalcante Filho

veja também