Jovens profissionais tem novas opções de cursos no exterior

Jovens profissionais tem novas opções de cursos no exterior

Atualizado: Terça-feira, 27 Setembro de 2011 as 11:16

Pensando em atender jovens que buscam melhores oportunidades no mercado e crescimento profissional, a EF Cursos no Exterior,  acaba de criar o LSP - Language Schools for Professionals, um programa totalmente adaptado às necessidades de alunos com idade a partir de 25 anos. É a oportunidade de se aperfeiçoar num outro idioma, se familiarizar com o vocabulário utilizado no mundo corporativo e, ainda, aplicar o que aprendeu em estágios nas áreas de maior interesse.

Gerente da EF no Brasil, Silvia Bizatto lembra que o público nessa faixa etária sabe muito bem o que pretende ao investir num curso no exterior. Segundo ela, há necessidades específicas que precisam ser atendidas. "A EF fez uma análise das expectativas e insatisfações apontadas por alunos que frequentaram o modelo padrão de curso de idiomas para saber exatamente o que oferecer a esse público", conta. "Percebemos que esse grupo lida com isso de forma muito objetiva. Tem uma urgência maior em aprender e valoriza muito cada minuto que passa em sala de aula. Ficou evidente que o mesmo modelo de curso não é capaz de satisfazer um universo que vai desde jovens a partir dos 16 anos até adultos com mais de 40", completa Silvia, ressaltando ainda que, no Brasil os alunos na faixa dos 25 anos representam 40% do público da EF.

O estudante que opta pelo LSP consegue perceber os diferenciais do programa assim que entra em sala de aula. As turmas são formadas apenas com alunos de 25 anos ou mais. Além disso, o conteúdo desenvolvido pelos professores é totalmente adequado a esse público. Cada uma das escolas da EF oferece um lounge exclusivo para que os estudantes do LSP possam estudar, se reunir e desenvolver uma rede de relacionamento. Quem quiser, também pode optar por aulas em grupos reduzidos, focadas em conversação. Dentro do programa, os estudantes também podem escolher os cursos para desenvolvimento de carreira, com foco nas áreas jurídica, de negócios e marketing e carreira internacional. Além disso, o programa oferece a possibilidade de o aluno fazer um estágio em sua área de interesse.

"É um produto feito sob medida para os alunos mais maduros. Um dos aspectos principais é também o estímulo que damos à socialização desses grupos, com a promoção de encontros para troca de experiências, além da vivência em sala de aula. O objetivo é agrupar os alunos, pois nesta fase da carreira o networking é fundamental", explica Silvia Bizatto.

Durante o curso, que pode ser de curta (a partir de uma semana) ou longa (até 52 semanas) duração, em mais de 40 destinos nos cinco continentes oferecidos pela EF, os alunos encontram uma estrutura completa , com suporte local de um coordenador de curso e um coordenador para hospedagem. É possível, por exemplo, optar por um curso para desenvolvimento de carreira em Manchester, com foco em Marketing e Business, que custa a partir de US$ 830, incluindo acomodação e meia pensão. Quem tiver interesse em aulas focadas em conversação com grupos reduzidos, a opção é a escola de Chicago, com o Mini Group Conversation, a partir de US$ 1190. Outro diferencial das escolas da EF é o sistema EFEKTA, programa de ensino exclusivo para as aulas de laboratório. Trata-se de um sistema personalizado, que avalia o aluno, sua evolução e suas dificuldades, permitindo um acompanhamento diferenciado e um melhor aproveitamento do curso.

Fonte bem paraná

veja também