Jovens vêm bebedeiras como forma de se inserir socialmente

Jovens vêm bebedeiras como forma de se inserir socialmente

Atualizado: Quinta-feira, 21 Outubro de 2010 as 10:59

A afirmação é de Christine Griffin, pesquisadora da Universidade de Bath, no Reino Unido, cujo estudo foi apresentado no encontro anual da Sociedade de Psicologia Social na Universidade de Westminster.

"A embriaguez é normalmente associada à autoestima e à afirmação social entre grupos de jovens. Nossa pesquisa entrevistou diversos indivíduos e chegamos à conclusão de que os episódios de bebedeira são fatos considerados normais na juventude", diz Griffin, que acompanhou um estudo amplo feito em 2008.

"A 'cultura da intoxicação' se tornou uma normativa na vida social desses jovens. E esse hábito de se embebedar junto com seus círculos sociais – que, de certa forma, fortalece os laços de amizade e é importante para fazer parte de um grupo – é uma forma de esconder os potenciais problemas do consumo de álcool", aponta a pesquisadora.

"As políticas públicas devem focar nos hábitos de consumo de bebidas alcoólicas entre os jovens e levar em consideração a importância social desses costumes antes de lidar com os problemas causados por eles", diz Griffin.

veja também