Livros para ler nas férias

Livros para ler nas férias

Atualizado: Sexta-feira, 2 Dezembro de 2011 as 10:26

Com tanto tempo livre em dezembro e janeiro, um livro leve e gostoso de ler pode impedir que você sinta uma pontinha de tédio durante as férias. Então quebre o porquinho ou acrescente mais um tópico à sua lista de presentes de Natal! O iG Jovem, os leitores e os atores Carla Salle e Caio Paduan, que interpretam Natália e Gabriel em “Malhação”, dão dicas de livros para ler enquanto as aulas não voltam.

“Lembra de mim?” – Sophie Kinsella – Ed. Record

O livro da mesma autora de “Os Delírios de Consumo de Becky Bloom” conta a história de Lexi, uma garota que acorda após um acidente de carro achando que ainda é 2004 e ela está em um relacionamento desastroso. Logo ela descobre que já é 2007 e ela tem uma vida perfeita, um ótimo emprego e um relacionamento feliz. Mas é claro que tem alguma coisa muito estranha aí... (via @sasahrtv)

“As Vinte Mil Léguas Submarinas” – Júlio Verne

“Indico o clássico "As Vinte Mil Léguas Submarinas" de Júlio Verne. Acabou de sair uma nova edição com ilustrações e explicações da história. O livro, além de ser um clássico e ser para todas as idades, conta a aventura do Capitão Nemo e seus companheiros, abordo do submarino Náutilus. A história é eletrizante por que o submarino é desconhecido pelas pessoas de todo o mundo e é confundido com um monstro dos mares. Li essa história quando tinha uns 15 anos, e devorei as páginas! Livro muito gostoso de ler, com uma escrita dinâmica e inteligente que prende qualquer um! Ótimo para as férias! Ler é fundamental!”

Caio Paduan, o Gabriel de "Malhação"

“Peanuts Completo – 1957 a 1958” – Charles M Schulz – Ed. L&PM

Para quem não quer longas e densas histórias nessas férias, que tal tirinhas? Esse livro reúne algumas do cachorrinho Snoopy lançadas no final dos anos 1950, quando o personagem despontou.

“Palestina” – Joe Sacco – Ed. Conrad

O jornalista Joe Sacco foi de Jerusalém à Faixa de Gaza descobrindo conhecendo as pessoas de cada região e descobrindo as culturas locais. E ele conta tudo o que encontrou por lá em uma história em quadrinho.

“Depois daquela viagem” – Valéria Polizzi – Ed. Ática

Aos 15 anos, Valéria fez uma viagem de navio, conheceu um cara legal e perdeu a virgindade. Tempos depois de voltar para casa, a notícia: Valéria era uma das primeiras meninas do Brasil a contrair o vírus da AIDS. O livro conta como a autora, então adolescente, lidou com o colégio, os problemas da adolescência, o vírus e o preconceito.

“Era Uma Vez Minha Primeira Vez” – Thalita Rebouças – Ed. Rocco

Quem diz que não ficou com certo medinho da primeira vez, certamente está mentindo. E no livro da Thalita Rebouças, seis amigas dividem esse momento importante, com as inseguranças, as dúvidas e os sentimentos que batem antes e depois desse acontecimento.

“Orgulho e Preconceito e Zumbis” – Jane Austen e Seth Grahame-Smith – Ed. Intrínseca

Em 1797, Jane Austen questionou a educação, a cultura e a moral da época contando a história de Elizabeth Bennet, a segunda de cinco filhas de um proprietário rural, e a única delas que espera algo mais da vida além de um casamento. E em 2010, Seth Grahame-Smith adicionou mais emoção à história com batalhas com sangue, órgãos, tecido necrosado e muitos zumbis.

(via @rubensdefarias)

“Uma Paixão por Cultura” – Carlos Eduardo Paletta Guedes – Ed. Fundamento

Quando o namoro de Fábio termina sob as acusações de ele ser egoísta, ignorante e machista, ele não se importa. Mas quando o rapaz de apaixona pela meiga e inteligente Thaís, decide mudar a situação. Para conquistá-la, começa a aprender sobre música, cinema, artes e literatura. Além do romance cativante, o livro ainda faz o leitor aprender junto com Fábio.

“Tamanho 42 não é Gorda” – Meg Cabot – Ed. Record

Heather era uma cantora pop de sucesso, mas agora está vestindo manequim 42, o pai está preso, o namorado a deixou e nenhuma gravadora lhe dá atenção. Desiludida, ela arranja um emprego de inspetora de estudantes universitários em um conjunto residencial, e tudo parece estar melhorando quando uma das alunas é encontrada morta no fosso do elevador. Quando a polícia determina que a queda foi acidental, Heather não se conforma e decide investigar por conta própria a morte da jovem.

(via @fontesleticia)

“O Apanhador no Campo de Centeio” – J. D. Salinger

“É um livro que fala da transição do adolescente para a fase adulta e sobre os sentimentos confusos do jovem quando se depara com responsabilidades e disciplina. O protagonista do livro não é um herói como em qualquer outro livro, é um total anti-herói. É bem interessante”

Carla Salle, a Natália de "Malhação"

“Um Dia” – David Nicholls – Ed. Intrínseca

Dex e Emma se conheceram um dia antes da formatura da faculdade e se apaixonaram, mesmo sabendo que ambos mudariam de cidade e teriam de se afastar. Mesmo assim, um não esquece o outro, e o livro conta os vinte anos seguintes da vida de ambos relatando sempre o dia 15 de julho de cada um deles. “Um Dia” já ganhou adaptação para o cinema e o filme conta com Anne Hathaway no elenco.

veja também