É mais difícil entrar em uma faculdade pública no meio do ano

É mais difícil entrar em uma faculdade pública no meio do ano

Atualizado: Quarta-feira, 20 Julho de 2011 as 11:31

Você já se perguntou se é melhor prestar vestibular no meio do ano ou esperar mais alguns meses até as provas de verão? Fica sempre em dúvida se o vestibular será mais concorrido? De olho nessa questão, o GUIA DO ESTUDANTE avaliou as 11 universidades públicas que realizam vestibular próprio tanto no meio quanto no final do ano e constatou: é mais concorrido entrar nestes cursos no vestibular de inverno.

Em seis das 11 universidades avaliadas a concorrência aumenta no vestibular de meio de ano nos três cursos mais concorridos. Medicina na Universidade Estadual de Maringá (UEM) é o curso que mais fica difícil de entrar no meio do ano: a concorrência mais que dobra, saltando de 143,1 para 318,1.

Nas outras cinco universidades, é mais fácil passar no meio do ano. Na Universidade de Brasília (UnB), por exemplo, a concorrência diminui nos cursos mais disputados. O curso de Fisioterapia na Universidade Estadual de Goiás (UEG) tem a maior queda na relação candidato/vaga: de 42,25 para 10,43.

Essas 11 universidades oferecem 78% das 17.628 vagas de meio de ano em instituições públicas em 2011. Os outros 22% estão em universidades públicas que participam do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e usam integralmente a nota doExame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar seus candidatos.

- Se você ainda quer se inscrever para uma vaga em universidade publica, fique ligado porque apenas a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) ainda está com inscrições abertas. Ela recebe até amanhã (10) inscrições pelo site.

Cursos mais concorridos

Em sete das 11 universidades, Medicina é o curso mais concorrido em ambas as edições do vestibular. Em cinco delas fica mais difícil passar no meio de ano.

Engenharia Civil é outro curso muito concorrido: está entre os três com maior relação candidato/vaga em seis das 11 universidades avaliadas. Em três destas, é mais fácil passar no meio.

Confira a seguir a relação de universidades e cursos:

 Universidade Número de vagas    Concorrência no meio de ano  Cursos mais concorridos Universidade de Brasília (UnB)  4016 Diminui Medicina ,   Direito ,   Engenharia Civil Universidade Estadual Paulista (Unesp)  510 Aumenta Engenharia Civil ,   Engenharia Mecânica ,   Engenharia Elétrica (todos do campi de Ilha Solteira)  Universidade Estadual de Maringá (UEM)  1488 Aumenta Medicina ,   Arquitetura e Urbanismo ,   Odontologia Universidade Estadual de Goiás (UEG)  460 Diminui Engenharia Civil ,   Fisioterapia ,Farmácia Universidade Federal de São João Del-Rey (UFSJ) ¹  785 Diminui Medicina ,   Arquitetura e Urbanismo ,   Psicologia Universidade Federal de Tocantins (UFT) ²  1580 Aumenta Medicina ,   Direito ,   Engenharia Civil Universidade Federal de Goiás (UFG)  637 Aumenta Engenharia Civil ,   Nutrição ,Administração Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) ³  480 Aumenta Medicina ,   Psicologia ,Biomedicina Universidade Estadual do Ceará (UECE)  1721 Diminui Administração   (diurno), Administração   (Noturno),Nutrição Universidade Federal de Uberlândia (UFU)  1443 Diminui Medicina ,   Engenharia Civil ,Odontologia Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) 4  637 Aumenta Medicina ,   Direito   (matutino), Odontologia Obs.:

  1 - O curso de Medicina aumenta, de 135,56 para 136,70

2 - O curso de Direito diminui, de 55,21 para 50,57

3 - O curso de Psicologia diminui, de 14,63 para 10,46

4 - O curso de Direito diminui, de 76,71 para 53,57  

veja também