Movimentos de Oração Modernos

Movimentos de Oração Modernos

Atualizado: Sexta-feira, 5 Novembro de 2010 as 11:14

O historiador A.T. Pierson disse que "jamais houve um despertamento em qualquer país ou cidade que não tivesse começado com a oração comunitária". No século XVIII surge na América do Norte um especialista em reavivamentos  espirituais, ele fez uma pesquisa sobre o estado geral da igreja em fins de 1700. E descobriu que todas as demominações evangélicas estavam profundo declínio numérico, moral e espiritual.

Luteranos, Presbiterianos, Metodistas, Congregacionais, Batistas, Episcopais e outros estavam tão debilitados espiritualmente que o Juiz do Supremo Tribunal, John Marshall escreveu ao bispo da Virgínia desabafando que "a igreja estava perdida e era impossível ser recuperada". Nesse mesmo período surge na França um filósofo chamado Voltaire o qual declarou que "em trinta anos o cristianismo terá sido esquecido".

Deus tinha planos maiores para sua igreja, "as portas do inferno não prevalecerão contra ela". Semelhante aos grandes avivamentos bíblicos, Deus levantou homens e mulheres para jejuar e interceder a fim de gerar um grande avivamento.

Em 1794, Isaac Backus, um pastor batista enviou a todos os pastores do país um apelo urgente a oração. Em seu desespero milhares de igrejas começaram a jejuar e orar mudaram seus cronogramas de atividades e priorizaram a oração. Milhares de grupos de intercessores foram  formados, muitos deles jejuavam pela vida do  seu pastor e família.

Dentro de alguns messes, uma grande onda de reavivamento explodiu em Kentucky. Onde mais de onze mil cristãos de diversas denominações compareceram para um único culto ao ar livre. Esse avivamento espiritual se espalhou pelos estados vizinhos, dando origem ao grande movimento missionário norte americano. Muitas nações receberam milhares de missionários americanos em resposta a essa onda de avivamento, inclusive o Brasil. Semelhante a Fênix que ressurge das cinzas a autoridade profética da igreja foi sendo restaurada, mudanças significativas aconteceram na sociedade como à abolição da escravatura, à educação popular, às sociedades bíblicas e diversos outros benefícios sociais.

Na Europa ocorreram eventos similares. Evan Roberts, um simples minerador galês foi profundamente impactado pela pregação de Seth Joshua, um evangelista presbiteriano em princípios de 1900. Roberts tornou-se um grande pregador usado por Deus. Esse movimento alastrou-se como fogo sobre todo o País de Gales, em cinco meses mais de cem mil pessoas haviam tido um encontro com Cristo.

Logo atingiu outros países como Alemanha, Noruega, Suécia, Finlândia, Dinamarca, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul e partes da América Latina. Nas Filipinas o missionário Lester Sumrall orou com mais de 150 mil pessoas por receberem a Cristo. Os efeitos desse avivamento continuam até os dias de hoje.

Na Argentina, em 1991, na cidade de Resistência os pastores se organizaram em unidade para jejuar e orar por avivamento, o resultado foi uma significativa queda nos relatórios estatísticos de crimes e violência. No Brasil também ocorreram várias mudanças desse tipo, tanto na igreja como na sociedade, em resposta aos grupos de pastores que se uniram para orar por cidades como Londrina, Cianorte, Pompéia, Presidente Prudente, Belém e mais recentemente Deus esta mobilizando mais de 300 mil pessoas em jejum e oração no estado do Espírito Santo pela redenção de sua terra.

 Em 1970 teve início um grande movimento de Intercessão e Oração ao redor do mundo. Na verdade já havia na Coréia um forte avivamento espiritual e a experiência positiva de nossos irmãos coreanos inspirou milhares de pessoas ao redor do mundo para colocarem em prática os princípios que regem o ministério da intercessão e oração.

No Brasil surgiram vários líderes que multiplicaram a visão, como por exemplo,  o pastor Jonathan Ferreira dos Santos do Ministério Vale da Bênção, que construiu o Centro de Oração 24 horas por dia. Movimentos como o AD2000, Desperta Déboras, COMIBAM, Rede de Intercessão Mundial e inúmeros outros começaram a publicar periodicamente boletins de intercessão. Muitos desses alvos de oração já foram alcançados, outros ainda não... mas o que temos observado é que a partir  desses movimentos de oração muitas coisas mudaram.

Dentre um desses alvos de oração, destaco a decadência global do Sistema Comunista. Durante décadas foram e em alguns países ainda hoje são verdadeiras barreiras para a proclamação do evangelho. Durante os anos 70, 80 e 90 todos os principais boletins de oração mobilizavam a igreja ao redor do globo para jejuar e orar contra essas "barreiras espirituais e políticas" para a pregação do evangelho. Hoje muitos países que outrora torturavam missionários recebem carregamentos de bíblias para distribuição gratuita.

Eu sou um desses que fui profundamente tocado pelo Espírito Santo para fazer parte desses movimentos de intercessão. Aos 15 anos de idade ouvi um seminário sobre Oração e Intercessão e compreendi que se aplicarmos alguns princípios bíblicos em nossa vida de oração ela potencialmente se tornará mais agradável e eficiente.

Quem nunca desistiu de orar por não ver resultados em suas orações? Eu era uma dessas pessoas... Na verdade eu não sabia que Deus sempre ouve nossas orações, porém nem sempre as responde como queremos! Orações não respondidas são um mito. Ele sempre as responde, às vezes com um "sim", outras com um "não" e ainda há momentos em que Ele nos responde "espere", continue orando, pois ainda não chegou o tempo.

Eu sabia que a oração era importante na vida de um cristão autêntico, mas não orava, não era estimulado, não compreendia a importância de uma vida diária de oração. Como a grande maioria dos cristãos em nossas igrejas hoje, acreditava que orar era apenas um "momento litúrgico muito bonito no culto". Não passava de simbolismo. As poucas vezes em que fui a uma reunião de oração fui com a mesma expectativa com que ia a uma consulta com o dentista ou médico.

Hoje, não tenho dúvidas de que Deus já naquela época tinha um propósito profético comigo, e que o Ministério da Intercessão seria muito importante em minha vida. Desde então tenho sido um diligente pesquisador, leitor e praticante do assunto.

Jelson Becker   é pastor. Reside atualmente em Recife-PE, onde desenvolve a base do ministério Avivamento Extravagante. Ministra em média 35 mil pessoas ao ano em seminários e encontros no Brasil e no exterior. Entre os temas abordados, estão: ativação de dons espirituais, princípios de transferência de unção, adoração profética, princípios que antecedem o avivamento, espíritos aprisionados e como implantar uma equipe de profetas intercessores em sua igreja. Lidera a Escola de Ativação Profética em Recife com o apoio de tele-salas de aula, que objetivam ensinar o evangelismo profético a igrejas no mundo.

Contato:

www.avivamentoextravagante.com.br

[email protected]

Tel.: (81) 3268-7725 

veja também