Mulheres e jovens são maioria entre pesquisadores do Censo 2010

Mulheres e jovens são maioria entre pesquisadores do Censo 2010

Atualizado: Terça-feira, 20 Julho de 2010 as 8:27

Responsável por revelar o retrato da sociedade brasileira, o 12º Censo Demográfico, pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), terá mais mulheres e jovens na sua equipe de pesquisadores, espalhados pelos 5.565 municípios do país. Entre os 209.826 classificados para a segunda etapa de treinamento para recenseador, que começa nesta segunda-feira (19), 58% são mulheres e 45% têm entre 18 e 25 anos.

No sábado (24), uma prova vai selecionar os 191.972 finalistas para o grupo que fará a coleta de dados do Censo 2010, que terá início dia 1º de agosto.

Em apenas oito das 27 unidades da federação o número de recenseadores homens é maior do que o de mulheres: Amapá, Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte.

De acordo com o IBGE, há cinco candidatos com mais de 80 anos. O mais velho, com 87 anos, é de Goiânia. Outros três são do estado de São Paulo e um é do Rio de Janeiro.

Tecnologia

O Censo 2010 vai deixar para trás as fichas de papel e usará computadores de mão. Além disso, dessa vez será possível preencher o questionário pela internet.

O computador, que é equipado com GPS (Sistema de Posicionamento Global) de acordo com os organizadores, é também mais um elemento de identificação do recenseador. O trabalho desses profissionais será acompanhado em tempo real. A informatização, segundo o IBGE, vai permitir que o resultado do Censo seja divulgado com mais rapidez.

A opção de preencher o questionário pela internet só é válida após a visita do recenseador, que fornecerá ao morador um envelope contendo códigos que dão acesso ao questionário em um site. A medida, segundo o IBGE, garante o sigilo das informações prestadas. Dessa forma, o questionário não estará na página do IBGE. Os organizadores alertam que não será enviado nenhum e-mail solicitando preenchimento de questionários.

Operação gigantesca

Única pesquisa a visitar todos os cerca de 58 milhões de domicílios brasileiros, o Censo é realizado a cada 10 anos e permite conhecer as condições de vida da população. Em 2000, a população brasileira, de acordo com o Censo, era de 169.799.170. A diretora de pesquisas, Wasmália Bivar, classificou como "gigantesca" a operação logística do Censo.

Todos os profissionais poderão ser identificados através do documento de identidade, que estará visível no bolso do colete; computador de mão; uniforme com colete e boné. A identidade deles pode ser conferida através do telefone 0800 721 8181 ou pelo site do Censo 2010 (www.censo2010.ibge.gov.br).

Condomínios de luxo X favelas

De acordo com o chefe da unidade estadual do Rio, Romualdo Rezende, a maior dificuldade não é entrar em áreas de risco, como as favelas do Rio, mas sim em condomínios de luxo.

“A desconfiança nesses locais é maior”, afirmou. Segundo ele, para essas situações os síndicos dos condomínios serão avisados sobre a presença do recenseador com antecedência, para que a foto do profissional seja divulgada entre os moradores.

De acordo com a coordenadora Operacional de Censos, Maria Vilma Salles Garcia, a pesquisa feita nas favelas é tranquila, pois os recenseadores são os próprios moradores. No Rio, o IBGE abriu mais de 100 postos de inscrição trabalho nas comunidades

Na Rocinha, por exemplo, cerca de 70 moradores se candidataram. “Os problemas de segurança dos recenseadores são bastante raros”, afirmou ela.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também