'Never Say Never' é o 5º documentário mais rentável

'Never Say Never' é o 5º documentário mais rentável

Atualizado: Quinta-feira, 3 Março de 2011 as 4:46

O terceiro documentário mais rentável nos Estados Unidos e o quinto mundialmente. Essa é a atual situação do filme Justin Bieber: Never Say Never, que acompanha a carreira do astro teen que completou 17 anos nesta terça-feira (1º).

Lançado em 11 de fevereiro nas salas americanas, o filme arrrecadou US$ 63,8 milhões (R$ 105,7 milhões) no país e US$ 68,8 (R$ 114 milhões) contando sua performance em outros países. Nos Estados Unidos, isso o coloca atrás apenas de A Marcha dos Pinguins, que faturou US$ 77,4 milhões (R$ 128 milhões) regionalmente e US$ 127,3 (R$ 210 milhões) ao redor do mundo, e Fahrenheit 11 de Setembro, que conseguiu US$ 119,1 milhões (R$ 197 milhões) de bilheteria doméstica e impressionantes US$ 222,4 milhões (R$ 368 milhões) mundialmente.

Levando em conta bilheterias mundiais, o filme de Bieber ainda fica atrás também de Terra (US$ 108,9 milhões - R$ 180 milhões) e Oceanos (US$ 82,5 milhões - R$ 136 milhões).

O filme também destronou Na Cama com Madonna, documentário musical mais bem-sucedido até então, que acumulou US$ 29 milhões (R$ 48 milhões) mundialmente.

A expectativa é que Justin consiga aumentar ainda mais seus lucros nas próximas semanas, em função do lançamento da versão com 40 minutos de cenas adicionais.

Apesar do sucesso de público, o filme conta com uma das notas mais baixas no site especializado em cinema IMDb: 1.1/10, com 26.796 votos até agora.

veja também