O conceito do novo Facebook

O conceito do novo Facebook

Atualizado: Sexta-feira, 7 Outubro de 2011 as 11:18

As mudanças no Facebook, anunciadas recentemente, vão transformar o conceito atual de rede social. Isso quer dizer que, vão ampliar significativamente a interação do usuário com a rede. No topo dessas mudanças, os empresários locais - que mantêm negócios restritos a cidades e precisam fazer marketing via rede - vão ganhar espaço. E muito.

Com o GraphRank, o Facebook vai priorizar as mensagens que causem maior interação, como comentários, por exemplo. O novo feed vai selecionar as notícias que mais interessam ao usuário e colocá-las no topo do mural. Mark Tonkelowitz, gerente de engenharia do Facebook já fala em “jornal pessoal”. Nesse caso, o mural seria a primeira página e as marcas que desenvolverem mais contato com os usuários vão sair na frente. Pequenos negócios podem começar a preparar estratégias, com abordagens que gerem interesse no usuário e, assim, conseguir visibilidade.

A maioria dos esforços de marketing no Facebook está voltada para conseguir fãs, através do feed de notícias. Além disso, é muito mais relevante para um internauta se envolver em comentários e posts referentes à sua localidade, do que a multinacionais, por exemplo.

A maior relevância faz crescer a possibilidade de envolvimento. No caso dos comerciantes e empresários locais, este é o maior ponto do novo conceito do Facebook: deixar usuários mais envolvidos com empresas de sua região.

O novo feed de notícias; o menu “novidades”, que mostra, em tempo real, as atualizações dos amigos e a nova timeline, responsável por apresentar uma síntese de toda a vida do dono do perfil, deixarão os 800 milhões de usuários do Facebook cada vez mais ‘presos’ e ligados a tudo o que for postado na rede.

Se souberem treinar suas equipes de comunicação, essa será uma oportunidade legítima para os empresários locais estabelecerem um contato mais intenso com seu público.

veja também