O Instagram é a próxima rede social que deve ser pressionada a reformar suas políticas de uso

Conteúdos pró-anorexia devem ser banidos no Instagram

Atualizado: Quinta-feira, 5 Abril de 2012 as 9:30

Depois do Pinterest e do Tumblr, o Instagram é a próxima rede social que deve ser pressionada a reformar suas políticas de uso para evitar postagens que glorificam a magreza e fazem alusão à anorexia. É o que aponta Huffington Post.

Segundo o jornal, o aplicativo da Apple registra mais de 12 mil imagens publicadas com a expressão “thinspiration” (uma contração para a expressão “inspiração para a magreza”). As imagens mostram meninas super magras, com costelas aparentes ou ressaltam frases que incentivam a magreza. 

Nos atuais termos da política de uso da ferramenta, não é mencionado nada sobre anorexia, apenas dão enfoque para conteúdo adulto e nudez. “Compartilhe fotos que sejam seguras para pessoas de todas as idades. Lembre-se de que nossa comunidade é diversificada, e que suas fotos são visíveis a pessoas com idade a partir dos 13 anos. Ainda que respeitemos a integridade artística das  fotos, precisamos manter nosso produto e as fotos inseridas nele alinhados com os termos da App Store em relação a nudez e conteúdos adultos”, diz a mensagem. 

Agora, com o lançamento do Instagram para Android (antes funcionava apenas em iPhones), a popularidade do aplicativo deve crescer ainda mais, o que despertará atenção para comunidades de cunho negativo e certamente influenciará na restrição do conteúdo. ?

veja também