O que deve pesar mais no momento de escolher uma profissão

O que deve pesar mais no momento de escolher uma profissão

Atualizado: Sexta-feira, 16 Julho de 2010 as 9:26

Escolher o que cursar na faculdade não é uma tarefa simples. Nessa hora, muitos jovens ficam divididos entre profissões tradicionais - pela probabilidade de conseguir um estágio mais rápido -, e que propiciam ganhos elevados, ou se dão preferência àquilo que realmente gostam.

O fato de haver uma infinidade de cursos parece atrapalhar ainda mais os estudantes indecisos. O número de graduações no País é muito grande, sendo possível encontrar mais de 25 mil opções, em diversos horários e instituições de ensino superior, públicas e privadas.

A analista de RH do Centro de Desenvolvimento Profissional (Cedep), Anessa Trassi, afirma que o "modismo” que às vezes existe, com relação a algumas profissões, tende a ser perigoso se isso não for de fato algo com que a pessoa se identifique. Para ela, a escolha da profissão é algo muito importante e deve ser encarado com bastante prudência. "Os pais podem auxiliar os filhos nesse momento, mas devem tomar cuidado para não atrapalhar nessa tomada de decisão. Ajudar na escolha não significa decidir por ele", orienta.

Outra dica importante da analista pode ser observada durante ou ao término do ensino médio. Nesse período, o jovem deve fazer uma análise das suas preferências e das diferentes formações acadêmicas, sem esquecer que as profissões mais conhecidas hoje podem não estar em evidência no final da sua graduação. "Por isso, é melhor seguir o ramo com o qual tem maior afinidade e realmente gosta, mesmo contando com as possíveis dificuldades para ingressar no mercado de trabalho", ressalta.

Estagiar ajuda

A escolha profissional é importante, mas não deve ser encarada como uma opção para toda a vida, na opinião do presidente do Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube), Carlos Henrique Mencaci. "Muita coisa pode mudar pelo caminho. Porém, para evitar a perda de tempo e de dinheiro, a solução é procurar dar um tiro certeiro. O estágio é um aliado para quem está nessa fase, pois permite ao aluno conhecer na prática o conteúdo aprendido em sala de aula", aconselha.

Os especialistas também recomendam que, ao ingressar na faculdade, o jovem busque logo uma oportunidade de estágio, pois caso decida mudar de área, será mais fácil para ele recuperar o período que investiu em um curso que não pretende concluir.

Por: Por Carlos Gutemberg

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também